A Geometria volta a dominar os interiores

[av_gallery ids=’13468,13467,13466,13465′ style=’big_thumb’ preview_size=’portfolio’ crop_big_preview_thumbnail=’avia-gallery-big-crop-thumb’ thumb_size=’portfolio’ columns=’4′ imagelink=’lightbox’ lazyload=’avia_lazyload’]

 

Das pinturas e esculturas para a nossa casa, a geometria volta à cena em 2016 quando o assunto é decoração. Repaginada e mais dinâmica, ela migra do óbvio mobiliário para ocupar novas funções: agora, encontramos as formas geométricas nos papéis de parede, pôsteres, azulejos, revestimentos e móveis. Elas podem ser planejadas no momento da reforma, com uma cabeceira feita com o nicho recuado na parede em formas retangulares, ou de forma minimalista com espelhos e armários dialogando através das formas retangulares. O resultado é charmoso e moderno.

 De acordo com o empresário Leonardo Vasconcelos, nome à frente da loja D’Accord & Casttini, aplicar a geometria na decoração é uma forma de criar ambientes originais, modernos ou contemporâneos. Padrões listrados, formas arredondadas, linhas puras. Seja como for, a arte geométrica pode ser utilizada em qualquer cômodo. No que diz respeito às cores, a geometria não impõe restrições, podendo ganhar status de irreverência com tonalidades vibrantes, deixar o ambiente aconchegante com tons pastéis ou ficar elegante apostando nas cores neutras.

 Ainda segundo ele, também é possível investir na tendência nos detalhes, como em tecidos, tapetes, paredes, cerâmicas para o banheiro, roupas de cama e muito mais. “Uma característica interessante é que vários deles funcionam juntos mesmo sem ter a mesma estampa ou a mesma cor, só pelo fato das linhas dos desenhos serem semelhantes já se integram. Além disso, as estampas geométricas trazem movimento e ilusão de ótica na sua decoração e adicionam ao ambiente personalidade e um clima atemporal”, finaliza Leonardo.

 

%d blogueiros gostam disto: