A noite de Zeca Pagodinho, Jorge Aragão e Xande de Pilares noite no Recife

Deu samba e ingressos esgotados na noite desse sábado (5) no Recife. Os “Reis do Samba” invadiram a capital pernambucana, promovendo uma noite histórica e recheada de sucessos no Clube Português. O cantor Jorge Aragão foi o responsável por abrir a segunda edição do evento, já mostrando com todo o seu estilo o que o público poderia aguardar. Intimo dos recifenses, Jorge entoou os maiores clássicos da sua carreira, incluindo Doce Amizade, Feitio de Paixão e Amor Estou Sofrendo. Os sucessos Doce Inimigo, Loucuras de uma Paixão e Falsa Consideração também foram relembrados pelos presente.

Foto Luiz Fabiano: Comunnik
Foto Luiz Fabiano / Comunnik

Um dos artistas mais populares e queridos do Brasil, Zeca Pagodinho voltou ao Recife após cinco anos, prometendo recuperar o tempo perdido. E caprichou. O cantor apresentou o show do seu novo projeto, “Ser Humano”, onde incluiu seus sambas inéditos Amor Pela Metade, Foi Embora e Ser Humano. Matando a saudade, Zeca aproveitou a ocasião para relembrar as canções que marcaram seus 30 anos de carreira, como Judia de Mim, Verdade, Deixa a Vida Me Levar e Coração em Desalinho.

Foto: Luiz Fabiano / Comunnik
Foto: Luiz Fabiano / Comunnik

Fechando com chave de ouro a noite das realezas no Recife, o carioca Xande de Pilares manteve a energia dos fãs. O cantor foi acompanhado pelos presentes nas canções Clareou, Elas Estão no Controle, A Senha e Pagode Formado, do seu CD solo “Perseverança”. Para a alegria dos recifenses e como não poderia faltar no repertório, Xande não deixou de fora os maiores sucessos da época que integrava o grupo Revelação, como Poder de Sedução, Deixa Acontecer, Tá Escrito e Coração Radiante. Confira a galeria de imagens:

 

%d blogueiros gostam disto: