Afro, Fulgor, Beleza e Fé – circo, negritude e religiosidade em cena

No mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra, temas como racismo e preconceito religioso entram na pauta também do cenário artístico. O espetáculo “Afro, Fulgor, Beleza e Fé”, traz estes assuntos à tona por meio da bela, impactante e intensa linguagem do universo circense. Com 35 minutos de duração e desenvolvido por meio do incentivo do Funcultura, terá apresentações no decorrer do mês de novembro em Escolas e Centros Culturais do Estado, iniciando pela Escola Pernambucana de Circo, na próxima sexta (17), às 20h, e sábado (18), às 19h. Todas as exibições terão entrada gratuita.

Protagonizado pelos circenses Ítalo Feitosa e Maria Karolyna e dirigido pela também artista Hammai Assis, todos integrantes da Trupe Circus da Escola Pernambucana de Circo – “Afro, Fulgor, Beleza e Fé” surgiu a partir de uma pesquisa de criação de número circense que abordasse estes assuntos, ressaltando as potencialidades dos movimentos de negritude e a riqueza cultural e histórica das religiões de matriz africana, questionando discursos opressores e favorecendo o empoderamento dos mais atingidos (negros, mulheres, candomblecistas, pobres).

No palco/picadeiro, a luta e a dificuldade de aceitação do povo negro com relatos e dados reais sobre violência, preconceitos e opressões, fazendo paralelos entre os sentimentos abordados na cena e as características de alguns orixás (Exu, Ogum, Xangô, Oxum e Oxalá). Relatos que são também dos próprios artistas, que expõem suas experiências no palco convidando aos que assistem a também refletirem sobre o que possam ter vivido. Tudo ilustrado por coreografias de afoxé e técnicas circenses (pirofagia, acrobacia e adágio).

O cenário é composto por uma lona cor de terra, tigelas de barro e varas, remetendo ao ambiente dos terreiros. A musicalidade é desenvolvida ao vivo pelo percussionista Ilki Barbosa, colaborando para a imersão neste universo que mexe com os tabus, com os “pré-conceitos”, o místico, o sagrado e o pessoal.

Ítalo Feitosa – Acrobata, especialista em acrobacias aéreas e de solo, equilibrista e pirofagista. Traz no currículo participação em atividades diversas – como festivais, oficinas e apresentações – em vários estados do Brasil, além de formações com especialistas de várias nacionalidades. Apresentação internacional, em 2016, no FESTICIRCO – Festival de Circo Social da Villa El Salvador, no Peru.

Maria Karolyna – Acrobata, especialista em acrobacias aéreas e de solo, equilibrista e contorcionista. Traz no currículo participação em atividades diversas – como festivais, oficinas e apresentações – em vários estados do Brasil, além de formações realizados tanto em Pernambuco com em outras localidades, a exemplo de trabalho realizado com a Cia. Deborah Colker de Dança.

PROGRAMAÇÃO

Dia 17 de Novembro – sexta-feira

Local: Escola Pernambucana de Circo – Av. José Américo de Almeida, 05, Macaxeira – Recife – PE

Horário: 20h

 Dia 18 de Novembro – sábado

Local: Escola Pernambucana de Circo

Horário: 19h

 Dia 20 de Novembro – segunda-feira

Local: Centro Cultural Xambá

Horário: 18h

 

Dia 21 de Novembro – terça-feira

Local: Escola Estadual Maria Amália

Horário: 20h

 Dia 23 de Novembro – quinta-feira

Local: Escola Estadual Padre João Barbalho

Horário: 18h e 20h

 

 Dia 24 de Novembro – sexta-feira

Local: Escola Estadual Clotilde de Oliveira

Horário: 18h

Dia 25 de Novembro – Sábado

Local: Escola Pernambucana de Circo

Horário: 19h

FICHA TÉCNICA:

Atores Circenses: Maria Karolyna e Ítalo Feitosa

Direção: Hammai Assis

Assistente de Direção: Fátima Pontes

Direção de Arte e Sonoplastia: Thiago Oliveira

Criação e Execução Musical: Ilki Barbosa

Coreografia: Obailê Santana

Preparação Física: Anne Gomes

Figurino: Thiago Oliveira

Produção Executiva: Alexandre Menezes

Fotografia: Ju Barbosa

Assessoria de Imprensa: Patrícia Monteiro

Leia também: