Audi e-tron S Sportback com três motores elétricos entra em pré-venda

Primeiro carro 100% elétrico com três motores a ser produzido em série no mundo, o Audi e-tron S Sportback está confirmado para o Brasil e inicia hoje, 19, seu período de pré-venda. Os três motores elétricos, distribuídos no eixo traseiro – dois motores – e um no eixo dianteiro, são capazes de entregar 973 Nm de torque e 370 kW de potência (503 cavalos)  que define seu caráter esportivo ao possibilitar até exercícios de drift. O modelo já pode ser configurado no site oficial da Audi do Brasil e está disponível a partir de R$ 779.990,00 na modalidade venda direta – com possibilidade de personalização de diversos itens.

 “O Audi e-tron foi o veículo 100% elétrico mais vendido do País em 2020 e agora é a vez de trazer ao mercado o Audi e-tron S Sportback, a versão mais esportiva do modelo, que pode inclusive ser personalizado pelos clientes antes de sua produção. Além desta exclusividade, ao entregar quase mil newton-metros de torque o modelo é capaz de surpreender mesmo aquelas pessoas mais exigentes por esportividade”, avalia Johannes Roscheck, CEO e Presidente da Audi do Brasil.

Em uma condução habitual apenas os motores elétricos traseiros são acionados. O motor elétrico dianteiro entra em ação quando o motorista exige mais desempenho ou de forma antecipada antes que a tração diminua. No modo de condução S, ele fornece sua potência máxima, por oito segundos, com 370 kW de potência (503 cavalos) e 973 Nm de torque. O modelo acelera de 0-100 km/h em apenas 4,5 segundos e a velocidade máxima é de 210 km/h. A bateria de alta tensão tem uma capacidade bruta de energia de 95 kWh.

A tração quattro elétrica agora é aprimorada com vetorização de torque: cada motor elétrico traseiro envia o torque diretamente para a roda – não há mais diferencial mecânico. A regulação com base na necessidade leva apenas milissegundos e pode gerenciar torques de acionamento muito altos. Os motoristas experimentam a excelente agilidade e tração do modelo elétrico S em particular ao desafiá-los em estradas sinuosas.

Se o controle de estabilização estiver definido como “Sport” e o Audi drive select selecionado no modo “Dynamic”, o carro possibilita um alto nível de dinâmica transversal, inclusive com exercícios de drift. Ao se aproximar do limite, a roda dianteira sem carga no lado interno da curva é desacelerada ligeiramente por meio do freio da roda para evitar escorregamento e refinar ainda mais a direção. Dinamismo, alto nível de precisão e segurança são baseados na estreita conexão entre todas as unidades de controle que gerenciam os sistemas de tração e suspensão.

A grande bateria de alta tensão – que permite uma autonomia de até 380 km no ciclo WLTP – garante uma distribuição equilibrada do peso e é instalada em uma posição baixa comparável à dos três motores elétricos. Isso diminui o centro de gravidade do carro, o que oferece grandes vantagens em termos de condução dinâmica. A direção progressiva, cuja relação se torna cada vez mais direta à medida que o movimento da direção aumenta, enfatiza o caráter esportivo. A suspensão a ar adaptativa tem afinação esportiva e o sistema Audi drive select oferece sete modos de condução – dependendo do modo selecionado ele acessa a suspensão com amortecimento regulado e pode variar a altura do solo em até 76 milímetros.

Soluções inovadoras para a aerodinâmica

Uma das principais soluções aerodinâmicas do Audi e-tron permanece na versão S. O modelo conta com retrovisores externos virtuais e câmeras que enviam a imagem para uma tela de alta definição dentro do veículo e, por conta desta solução, o Audi e-tron S Sportback alcança excelente coeficiente de arrasto. Além desta tecnologia, a Audi também estreia no modelo novas extensões do arco da roda que contribuem consideravelmente para resolver o conflito de objetivos entre a aerodinâmica e um visual esportivo. Esta tecnologia inovadora foi desenvolvida e patenteada pela Audi. A marca está introduzindo-a na construção de veículos em grande escala pela primeira vez. Tudo isso permite atingir um coeficiente de arrasto de apenas 0,26, apesar do alargamento dos arcos das rodas.

Um segundo elemento importante no conceito de aerodinâmica é a entrada de ar de resfriamento controlável com dutos para resfriar os freios das rodas dianteiras. Ele permanece fechado sempre que possível para que a corrente de ar flua sobre o capô quase sem turbulência. Como parte de uma gestão térmica eficiente, o e-tron S Sportback está equipado com uma bomba de calor. Ela retira energia térmica do calor residual dos componentes de alta tensão e usa para esquentar o interior do veículo ou até mesmo a bateria durante um dia frio, aumentando assim a autonomia em até dez por cento.

O sofisticado conceito de recuperação também contribui para a eficiência do veículo. Os motoristas podem escolher entre três níveis de recuperação. O mais alto permite experimentar a sensação de dirigir com um único pedal: ao frear, os motores elétricos desaceleram sozinhos até 0,3g, ou seja, na maioria das situações do dia a dia. Os freios hidráulicos das rodas só entram em ação além desse nível. No entanto, os motores elétricos permanecem ativos e, ao frear a partir de 100 km/h, eles podem converter até 270 kW de potência. Dependendo da situação de direção, o sistema de controle de freio decide – individualmente para cada eixo – se o carro desacelera apenas com os motores elétricos, com os freios (em casos raros) ou com uma combinação dos dois sistemas. O modelo conta com capacidade de carga padrão de até 150 kW no modo DC e de até 22 kW no modo AC. O e-tron S Sportaback também possui o Audi compact charger, carregador que suporta até 22 kW como item de série.

Design externo cinco centímetros mais largo

O Audi e-tron S Sportback possui para-choques dianteiro e traseiro com contornos fortes e entradas de ar particularmente grandes e expressivas. A inserção do difusor na extremidade traseira se estende quase por toda a largura do veículo. O fato de os arcos das rodas em ambos os lados serem 23 milímetros mais largos faz com que os carros pareçam muito potentes. Os acabamentos cromados na parte dianteira e traseira se tornam destaques.

O modelo vem de série com faróis Full LED Digital Matrix com luz de direção – outra inovação mundial em produção em série que a Audi lançou com o e-tron Sportback. Cada feixe de luz é dividido em 1,3 milhão de pixels e pode ser controlado com grande precisão, que abre inúmeras funções  e possibilidades. Uma delas chama atenção logo ao ligar e desligar o veículo, pois os faróis projetam na parede ou no chão uma assinatura animada e personalizada, que pode inclusive conter a palavra “e-tron”. Outra novidade é a iluminação da faixa de rolagem da estrada: além de iluminar da forma tradicional, os faróis destacam e se ajustam à largura da faixa, além de projetar pequenas setas no piso logo à frente do veículo. Uma terceira característica identifica a presença de pedestres na beira de uma rodovia e ilumina a área onde ele está para ampliar sua visibilidade em ambientes pouco iluminados. Por último, o conjunto também é capaz de acompanhar os próximos metros da estrada e iluminar de forma antecipada e dinâmica para aumentar a visibilidade.

Interior e equipamento progressivo

O interior do Audi e-tron S Sportback é projetado com cores escuras. Bancos super esportivos em couro valcona ajustáveis ​​eletricamente e memória para o motorista são de série. Os assentos em Valcona, bem como o seletor do modo de direção, apresentam inscrições S. O acabamento interno é em fibra de carbono. O pacote de iluminação ambiente adiciona destaques progressivos no escuro e contempla 30 opções de cores. O modelo ainda conta com carregamento de smartphone por indução desde que compatível com a tecnologia.

O modelo é equipado com o sistema de controle digital sensível ao toque MMI Touch com duas grandes telas centrais. No terceiro display, o Audi virtual cockpit posicionado atrás do volante, o motorista pode selecionar uma tela especial e-tron que move o veículo para o centro. E o head-up display complementa o vasto leque de informações à disposição. O sistema de som é o Bang & Olufsen 3D com 16 alto falantes e 705 Watts de potência.

Lançamento no mercado brasileiro

O Audi e-tron S Sportback já pode ser encomendado em condição especial de pré-venda a partir de R$ 779.990,00 na modalidade venda direta. Além disso, os clientes poderão personalizar seu veículo de acordo com suas preferências antes mesmo da produção. Ao todo são sete itens configuráveis: nove cores externas – além de várias outras Audi Exclusive –, dois desenhos de roda, duas cores de pinças de freio, design exterior com detalhes em preto ou em alumínio, três acabamentos para a capa do retrovisor, cor do couro nos assentos e acabamento interno em carbono, alumínio ou cinza volcano. Como opcionais com custo adicional, o Audi e-tron S Sportback oferece os retrovisores externos virtuais, capa do retrovisor em carbono e a tecnologia Audi Night Vision.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *