Audi Q8 – uma nova era no mundo dos suvs

A alemã Audi, na minha perspectiva, faz um salto tecnológico neste final de 2019 e entra em 2020 com uma nova aposta, graças à chegada do Q8, que promete ser parâmetro para futuros veículos da marca.

Este é o primeiro SUV Coupé configurado de forma harmônica e chamativa que dá aos amantes de design e tecnologia no mercado automotivo realmente vontade de desfilar. Este automóvel traz uma novidade ao setor para a empresa que sempre se destacou pelo vanguardismo com visão inovadora nos tempos mais difíceis para satisfazer os mais exigentes consumidores. E, com o novo lançamento, ela reforça esse DNA, a começar pela sua identidade visual que será adotada em seus próximos SUVs (como o Q3, o Q5 e o Q7), que já virão ajustados com inovações agregadas a outras marcas como o Lamborghini Urus e o BMW X5, por exemplo.

Apesar de não ser um modelo esportivo, o carro é voltado à família e é sensacional em qualquer uma das suas duas versões lançadas no Brasil: a Performance e a Performance Black. O primeiro detalhe que vale ser ressaltado é o seu visual com silhueta agressiva e linhas ousadas, principalmente na frente. A parte frontal apresenta detalhes pretos e enorme grade octogonal, que toma quase toda a dianteira. Na lateral temos janelas sem molduras nas portas, o que o torna mais bonito. Já a traseira apresenta uma faixa de luz que liga as lanternas com efeito tridimensional, enquanto a frente ainda traz novos faróis que podem ser full LED Matrix HD. Tudo isso já faz com que este seja um carro ostentação para se desfilar mesmo; afinal, ele não só é bonito como ainda é grande, confortável e prático com novas plataformas e tecnologias avançadas e componentes eletrônicos, que era algo que estava faltando para a Audi, na minha opinião.

São vários os diferenciais deste primeiro SUV da Audi que reúne o desempenho de um superesportivo com o comportamento de um sedã de luxo, pois seu interior é pura sofisticação. Ele conta com um painel largo, com acabamento em preto piano e alumínio, saídas de ventilação de lado a lado, três telas digitais e táteis (sensíveis ao toque): uma de 12,3” (instrumentos), outra de 10,1” (central multimídia) e uma terceira de 8,6” (console), para controlar diversas funções como regulagem da temperatura do ar-condicionado digital com duas zonas. Há ainda duas entradas USB, uma tomada de 12 volts, Android Auto e Apple CarPlay. No que diz respeito ainda ao ambiente interno, o Q8 chama atenção por um excelente isolamento acústico, bancos de couro e espaço para cinco pessoas em seus quase 2m de largura. Talvez esse detalhe não impressionasse tanto se não fosse um recuo no formato do teto que deixa sua curvatura mais baixa na parte de trás, o que não impede o conforto mesmo para quem é muito alto. E esse detalhe do espaço também se estende para o porta- malas que tem espantosos 605 litros, contudo, pode ainda chegar a 1.755 litros com os bancos rebatidos.

Mas, um dos principais destaques deste automóvel é de fato o conjunto mecânico no qual o Q8 não decepciona, porque a Audi caprichou em suas configurações. Além de acertar no visual e em muitos itens de segurança, uma vez que o carro é para família, ele pode até ser considerado um veículo com sistema híbrido parcial por ser equipado com um gerador elétrico de 48 volts (volts alimentado por baterias de íons de lítio) para preservar algumas funções elétricas tradicionais do carro (alimentadas pela rede de 12 volts), enquanto o motor a combustão está desligado. Possui um motor 3.0 V6 turbo, que rende 340 cv e 51 kgfm de torque máximo, que por si só, já é digno de um esportivo, dessa vez, colocado sob o capô de um SUV Coupé “família”.

Em relação à inovação mecânica, vale ainda mencionar o câmbio automático sequencial Tiptronic de oito marchas e a tração integral Quattro. A direção é elétrica com uma opção de ajuda do eixo traseiro direcional para auxiliar em manobras de estacionamento ou em curvas em estradas, por exemplo. Já a altura da suspensão tipo fivelink em relação ao solo pode chegar a até 25 centímetros nos dois eixos com amortecimento pneumático. Com rodas de 22 polegadas, ele apresenta ainda eficiência do sistema de freios, o que possibilita que o motorista force um pouco mais quando precisa, sem retirar a leveza que aparenta.

Esses são alguns dos pequenos diferenciais que a empresa automotiva alemã proporciona em sua primeira experiência com o Audi Q8 que é sinônimo de muita tecnologia, inclusive com câmera de visão verdadeiramente de 360 graus que traz a genuína perspectiva de realidade virtual em quatro rodas. É entrar e deixar se envolver pelo lindo acabamento, alto nível do sistema acústico, leveza ao rodar e agressividade ao pesar o pé direito no acelerador, coisa que a bordo do Q8, muito provavelmente você não irá querer fazer no primeiro momento; o que você vai fazer é desfilar!

 

por Felipe Alchorne
Um apaixonado por direito e carros esportivos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *