Carvalheira na Ladeira enaltece cultura popular pernambucana

Banda de Pifano foto: Helena Yoshioka

Maracatu, caretas, cavalo marinho, bonecos gigantes, entre outros, vão se apresentar durante os cinco dias de festa
O Carnaval é o período em que a música e a cultura pernambucana ganham mais holofotes. A grande variedade de manifestações artísticas e culturais impressiona: Maracatus, Caboclinhos, Frevo, Bonecos Gigantes de Olinda, La Ursa, Caiporas e Papangus são parte fundamental da folia no Estado. Além do carnaval de rua, esses grupos também têm destaque e reconhecimento em eventos privados, como o Carvalheira na Ladeira, produzido pela agência Carvalheira.
Além da apresentação de artistas nordestinos conhecidos nacionalmente, como Elba Ramalho, Alceu Valença e Coco Raízes de Arcoverde, entre outros, o festival carnavalesco tem uma grade de programação com grupos tradicionais locais, que se unem a outras atrações nacionais, criando um caldeirão cultural. “Nossa cultura é muito rica e é muito importante fortalecer e fazer com que a população daqui e de fora conheçam nosso patrimônio cultural. Essa é uma preocupação nossa desde a primeira edição do evento”, afirma Rafael Lobo, sócio da agência Carvalheira. Com público estimado em 57% vindo de fora do Estado, o evento tem um palco exclusivo para atrações da cultura popular na entrada do evento.
Neste ano, 19 grupos das cidades de Recife, Olinda, Aliança, Triunfo, Pesqueira, Caruaru, Ferreiros, Abreu e Lima, Arcoverde, Goiana e Itamaracá foram selecionados para se apresentar no palco cultural, além de fazer cortejo durante a festa. “Buscamos trazer diversidade para a nossa programação, é importante exaltar a cultura popular do Estado mantendo os princípios de tradição, exaltando os que fazem história no Carnaval pernambucano”, explica Lobo.

PROGRAMAÇÃO CULTURAL:

Sábado (22):
Coco Raízes de Arcoverde (Arcoverde)
Maracambuco (Olinda)
Caretas (Triunfo)
Frevart (Recife)
Bonecos Gigantes (Recife)

Domingo (23):
Banda Zé do Estado (Caruaru)
Maracatu Águia Misteriosa (Nazaré da Mata)
Boi Marinho (Recife)
Banda Pife da Inclusão (Caruaru)
Bonecos Gigantes (Recife)

Segunda (24):
Alexandre Rodrigues e Frevo Livre (Itapissuma)
Caboclinho Sete Flechas (Nazaré da Mata)
Caiporas (Pesqueira)
Bonecos Gigantes (Recife)

Terça (25):
Casas Populares da BR 232 (Caruaru)
Urso Zé da Pinga (Recife)
Alafin Oyó (Olinda)
Frevart (Recife)
Bonecos Gigantes (Recife)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *