Cirurgiã do aparelho digestivo alerta sobre o perigo dos excessos de chocolate

É natural que as pessoas excedam nas comidas e bebidas, e na Páscoa, no chocolate. Dessa forma, é preciso tomar cuidado com o consumo excessivo, pois além do ganho de peso, em excesso ele pode elevar o índice de glicemia. “O ideal é que o chocolate não seja consumido mais do que duas vezes na semana em pequenas doses. As crianças são as mais suscetíveis a terem distúrbios gastrointestinais”, explica a cirurgiã do aparelho digestivo Clarissa Guedes.

“É necessário buscar o equilíbrio no consumo desses alimentos para que problemas de saúde sejam evitados. “Nosso corpo responde imediatamente na forma de cólicas, diarreias, refluxo, entre outros sintomas que aparecem logo após grandes excessos”, afirma a médica cirurgiã. Além do desconforto, essas reações imediatas podem ser sinais para problemas maiores em órgãos importantes do corpo humano, como o estômago e o intestino.

A médica acrescenta que ter o hábito de comer com frequência, respeitando os horários, focando em alimentos ricos em fibras e proteínas, ajuda a não ceder aos excessos, pois aumentam a saciedade e diminuem a compulsão alimentar. Para quem sempre consome alimentos menos saudáveis, é importante atentar a algumas dicas como não deitar-se imediatamente após a refeição, evitar ingestão de líquidos e ingerir comidas ácidas, como abacaxi e laranja, logo após as refeições, para ajudar o corpo a se recuperar mais rápido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *