Como transformar materiais recicláveis em decoração sustentável para casa 

 

Práticas de reciclagem podem deixar a casa mais bonita, criativa e sustentável por meio de diferentes materiais recicláveis, como alumínio, vidro, papel e plástico. No isolamento social, as atividades estimulam habilidade manual e consumo consciente 

 

O isolamento social pode ser o momento para rever hábitos, incorporar novas atividades e desenvolver habilidades manuais que ativam a criatividade.  Para deixar os dias de quarentena mais produtivos, a Prefeitura do Recife, através da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMAS), reforça a prática de reciclagem como forma de tornar a casa mais bonita e ainda contribuir com a preservação do meio ambiente. Há muitas formas de reaproveitar materiais recicláveis, como alumínio, vidro, papel e plástico e transformá-los em uma decoração sustentável e acessível em casa.

 

Garrafas de vidro podem se transformar em vasos para flores, caixotes de madeira, que servem para transportar frutas e legumes nas feiras, podem virar estantes para livros, garrafa PET se transforma em luminária reciclável ou uma cortina, as latas de alumínio, que são usadas como embalagens de molho de tomate ou de leite em pó, ganham uma nova função através da reciclagem e podem decorar o home office como porta-lápis. O arte educador Alcio Lins lembra que este é o momento de usar a criatividade para criar objetos úteis e divertidos para serem utilizados no  dia a dia. “Nem todo objeto de decoração precisa vir pronto. Nesse período de isolamento uma boa opção é estimular a habilidade manual e aproveitar para dar um toque especial e único ao lar, reciclando e transformando materiais que seriam descartados em objetos de decoração. Além de economizar dinheiro, ninguém vai ter nada parecido já que o processo é todo artesanal e permite que você faça a peça com seu estilo”, explica Álcio Lins.

 

Atitudes de conservação melhoram a qualidade de vida e reduzem a poluição do meio ambiente. A prática estimulada em toda a Rede Municipal de Ensino por meio do Programa Educar para Uma Cidade Sustentável, da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade e disseminada nos equipamentos públicos de educação ambiental, permite que itens sejam reaproveitados e desperta princípios sobre consumo consciente. “O cuidado com o meio ambiente começa dentro das nossas casas. É importante estimular a importância da reciclagem aprendida em sala de aula e ensinar as crianças a criar o hábito de separar os materiais para o descarte e reaproveitamento. É necessário explicar passo a passo porque temos que reciclar, afinal, as crianças precisam saber o porquê das coisas para fazê-lo. Fazê-las entender que a reciclagem existe não somente para repensar os hábitos de consumo excessivo como evitar a destruição do nosso meio ambiente”, reforça Danielle Sampaio, gerente de educação ambiental da SMAS.

Para quem não consegue criar sozinho, uma boa dica é usar os canais digitais ao seu favor. Canais no Youtube e tutoriais nas redes sociais ensinam passo a passo o desenvolvimento de produtos sustentáveis a partir de materiais recicláveis, basta organizar os materiais em casa que não usa mais e tentar criar algo novo com eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *