Consumidores que investiram em energia solar protegem o orçamento doméstico em época de Pandemia

 

Com o isolamento social, contas de água e energia elétrica, terão maior peso no orçamento

Em época de Pandemia do Coronavírus a única certeza que temos é da necessidade de isolamento social para que possamos impedir a propagação acelerada desse vírus. Estar em casa é a melhor estratégia mas, com ela, surgem inúmeros desafios de adaptação a nova rotina de confinamento e um maior consumo nas contas de água e energia elétrica. Quem aderiu ao sistema fotovoltaico  protegeu o orçamento doméstico já que, não vai sentir o peso da conta de energia elétrica.

O funcionário público José Nivaldo Parente Pinheiro Teles é um exemplo. Adotou o sustentabilidadeem sua residência, na Iputinga, através da Insole, e está bastante satisfeito. “Além de está ajudando o meio ambiente produzindo uma energia limpa vinda do sol eu consegui baixar minha conta de luz de R$ 350,00 para R$ 18,00, que é a taxa mínima que se paga para utilizar o sistema. O meu projeto é de 500kWh  e supri minhas necessidades, numa casa de 200 metros quadrados, para o uso de eletrodomésticos como geladeira, freezer e dois ar-condicionados”, salienta.”

De acordo com Ananias Gomes, diretor presidente da Insole, a fintech de energia solar possui a solução para financiamento de sistemas de geração solar. “Estamos oferecendo aos consumidores residenciais e comerciais a capacidade de trocar o valor da conta de luz por uma prestação equivalente ao financiamento o sistema solar, sem investimentos iniciais e com uma carência inicial. A grande vantagem desse modelo é que não haverá despesas novas ao consumidor”, salienta.

 

Os clientes que adquirirem a linha de crédito podem instalar sistemas fotovoltaicos em suas casas de campo ou de praia, por exemplo, e poderão utilizar parte da energia gerada para abater custos em outras contas com a mesma titularidade, que pode ser em seu apartamento residencial ou outras residências. Ele também chama atenção para outros dois aspectos interessantes do financiamento.  Segundo Ananias, além da carência no início do contrato, a parcela do financiamento será compatível com o valor pago mensalmente pelo cliente quando o mesmo utilizava a energia elétrica convencional. “Com isso, não haverá um peso no orçamento já que ele continua pagando o mesmo valor para ter energia elétrica, mas está adquirindo o seu próprio sistema de geração de energia fotovoltaica”, ressalta.

 

Em tempos de isolamento social a Insole está funcionando neste período de forma remota com os funcionários trabalhando no esquema de home office e, todos os serviços, estão sendo disponibilizados “Entendemos que  essa atitude se faz necessária e, com esse confinamento em casa, as pessoas consomem mais energia elétrica  e, as que já fazem uso da energia limpa ou tem interesse em adquirir, serão beneficiadas”, ressalta Ananias Gomes.

 

Entre 2018 e 2019, a Insole contabilizou um crescimento de 400% e o Nordeste é uma das regiões com maior potencial de crescimento para o setor, por ter sol em abundância, durante todo o ano. “Essa fonte de energia limpa e renovável é abundante em nossa região. Somos no Brasil, 84,8 milhões de unidades consumidoras e só 171 mil utilizam a energia solar. Isso significa 0,2%, ou seja, quer dizer que ainda nem começamos e que temos muito ainda a crescer”, comemora.

 

SERVIÇO

INSOLE

Rua Madre de Deus, 27, Bairro do Recife

81 37771. 1362

Ananias Gomes, diretor presidente da Insole  Foto:Ironildo Machado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *