Crise nos EUA faz empresário alugar itens de luxo por valores “acessíveis” “Pacotes vão de $500 a 1.500 dólares”

“O mercado de luxo pode não ser afetado após a pandemia, fala empresário Mark Pugachev

Mark Pugachev é um empresário americano conhecido nos Estados Unidos pela sua empresa de serviços Concierge para milionários. Em seu portfólio, ele aluga desde carros de luxo, até iates e helicópteros para aqueles que querem viver uma experiência luxuosa por pelo menos um dia. A crise do coronavírus e o isolamento recomendado pela Organização Mundial da Saúde fez com que várias empresas se reinventassem para seguir lucrando, e com Mark não foi diferente. Dos seus serviços, hoje ele aluga carros, iates, helicópteros com serviço de segurança e o que tiver direito por um pacote de ﹩ 500 a ﹩ 1.500 dólares a diária para os americanos.

“No momento atual não há eventos grandes para exibirem um carro de luxo, mas muitos querem pegar a estrada com um carro bacana, por exemplo, para chegar em sua casa de praia e ficarem sozinhos, ou voar de helicóptero até lá com toda a segurança e rapidez. Ou melhor, passar o fim de semana em um iate na praia totolmente sozinhos, descansando. São vários relatos”, disse.
O empresário falou sobre o mercado de ostentação. “Muitos deles são empresários e influenciadores, mas a maioria são apenas pessoas que amam carros e aproveitam todas as oportunidades para testá-lo. Eu trabalhei duro nos últimos 5 anos para estabelecer conexões com celebridades e influenciadores para merecer sua confiança e construí minha reputação. Cantores, celebridades e até atletas profissionais como Hanna, Egor Kreed, NYUSHA, Victoria Bonya, Mia Khalifa, Gianluca Vacchi e Svetlana Kuznetsova foram muito atendidos por minha empresa. Eu valorizo cada cliente, não importa quão famoso ele ou ela seja. Eu valorizo todos eles”.

Por mais que pareça estranho para as classes mais baixas, muitos milionários procuram pelos chamados brechós de luxo, a fim de investir o seu dinheiro em outras oportunidades. De acordo com o relatório de consumo de luxo da Boston Consulting Group, “BCG-Altagamma True-Luxury Global Consumer Insight 2019”, e publicado pelo Valor Investe, a compra e venda de produtos de luxo de segunda mão entre milionários e bilionários cresce 12% ao ano. Esse comércio já representa 7% do mercado de luxo.
Mark falou sobre algumas curiosidades do negócio. “Muitos alugam para chamar a atenção das outras pessoas, isso é fato. Às vezes acontece que os carros são alugados para uma sessão de fotos ou um casamento como um acessório. Fico feliz em ver um sorriso no rosto dessas emoções que não têm preço para um empresário”.
Saiba mais: http://instagram.com/pugachevmark?igshid=118mozljrzzzs

Fotos: Divulgação | CO Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *