Cuidados com os olhos no São João

O clima de São João já toma conta do Nordeste. Na Região Metropolitana do Recife, é possível encontrarmos fogueiras em algumas ruas para celebrar a data. Porém, um alerta: a fumaça liberada por elas pode causar irritações aos olhos. Além disso, o calor das chamas provoca sintomas como ardência, irritação, lacrimejamento e prurido, entre outros desconfortos.

Para a oftalmologista do Instituto de Olhos Fernando Ventura, Catarina Ventura, a situação pode piorar ainda se os olhos forem atingidos por cinzas, brasas ou fagulhas. Acidentes do tipo podem provocar danos à visão e, dependendo da gravidade, chegar até a perda.

“A fumaça vai existir. Mesmo você estando em casa, não tem como escapar, dependendo da quantidade de fogueiras nas ruas. Quem tem olho seco, sentirá mais irritação que o normal. Com relação aos fogos, a dica é não ficar olhando para cima quando for soltá-los, pois pode cair fagulha no olho. Cuidado ainda com os fogos que falham. Geralmente as pessoas se aproximam mais para verificar porque não acendeu e neste momento ele pode acender repentinamente e atingir a visão”, alerta.

Ela destaca ainda que, para ajudar a amenizar o ressecamento dos olhos provocado pelas fumaças, há lágrimas artificiais no mercado que podem auxiliar – porém, a oftalmologista ressalta que a compra deve ser feita por meio de prescrição de um profissional.

Crianças

 A oftalmologista destacou que é importante que os pais e responsáveis fiquem atentos às crianças quando elas forem soltar fogos ou brincar próximo a uma fogueira, por exemplo. Em caso de acidente, Catarina Ventura conta que algumas providências podem ser tomadas imediatamente. “O primeiro socorro deve ser a lavagem abundante com água corrente e, na sequência, a procura por uma urgência mais próxima”, recomenda.

 

 

Leia também: