Empresários revitalizam casas antigas para abrigar unidades da franquia pelo Brasil

 

O objetivo é dar vida a locais que antes estavam abandonados e trazer um pouco daquela história para o pub

 

Uma das coisas que mais chamam atenção na rede de pubs Mr. Hoppy Beer & Burger, com certeza, são os imóveis onde as unidades estão alocadas. São casas das mais variadas décadas e que acabaram se tornando uma característica da marca. Estamos falando de imóveis dos anos 40, 50 e 60, todos revitalizados, porém, sem perder seu charme e ganhando, ainda, um novo sopro de vida. “Revitalizar construções antigas é sempre um desafio. Você nunca sabe o que esperar. Mas esse é o nosso objetivo: dar vida a esses lugares que estavam esquecidos”, avalia José Araujo Neto, sócio proprietário da rede.

Quem visita e escolhe os imóveis é o próprio empresário, que depois encaminha o material necessário ao arquiteto responsável para o desenvolvimento do projeto base. “Depois das visitas, o José me encaminha as informações necessárias para o início do projeto. Cada casa terá seu charme, mas todas seguem um projeto padrão estabelecido pela franquia. Trabalhamos com uma ambientação básica, e os detalhes da decoração ficam por conta dos proprietários”, conta William Megumu Nishii, arquiteto e urbanista responsável pela marca.

Ainda de acordo com Nishii, para escolher os imóveis são adotados alguns critérios como a localização, cômodos espaçosos e, é claro, acabamentos originais e características arquitetônicas especiais. “Sempre buscamos casas que possuam acabamentos originais que possam ser mantidos, como piso, cerâmicas de época, características arquitetônicas e detalhes que tragam uma sensação de pertencimento ao local”, completa.

Como em qualquer reforma, a obra acaba sendo sempre uma ‘caixinha de surpresas’, ainda mais por se tratar de imóveis antigos. Os maiores desafios enfrentados, segundo o arquiteto, são sempre relacionados à elétrica, hidráulica, parte estrutural e adequação às normas de acessibilidade. Mas no final, o resultado vale todo o esforço. “São revitalizações trabalhosas, mas o resultado é sempre gratificante, já que estamos trazendo vida àquele lugar. Esses imóveis trazem charme e sensação de bem-estar aos clientes. Outra coisa legal é ver a curiosidade do público mais jovem a respeito de como eram as casas antigamente”, finaliza Nishii.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *