Gosta de vinho? Saiba como fazer uma adega em casa

Veja o que é importante levar em conta na hora de realizar o projeto

Vinhos são como uma obra de arte. Quanto mais antigos, melhores, e quanto mais limitados, mais saborosos eles são. Colecionar as garrafas da bebida é um hobbie mantido por pessoas que além de saborear, também gostam de celebrar momentos brindando com um bom vinho. Além disso, o sonho de todo apreciador é, claro, ter uma bela adega em casa para armazenar e expor seus rótulos. E para não aborrecer Baco, o Deus do vinho, existem algumas regras básicas para projetar o espaço.

“Primeiro é importante que a pessoa escolha se deseja expor os vinhos de forma decorativa (sem refrigeração) ou se será um armazenamento completo com temperatura, levando em conta a luminosidade e clima do ambiente”, explica Dani Cunha, gerente da Bontempo Recife. Para armazenar corretamente, os vinhos devem permanecer em um local escuro para não estimular reações químicas na bebida. Eles devem ficar longe do calor e sempre na horizontal para manter as rolhas umidificadas. Ambientes úmidos desenvolvem micro-organismos que podem estragar a rolha. Já os muito secos ressecam a rolha e oxidam o vinho.

Por isso, na hora de projetar o espaço deve-se levar em conta as duas opções. “Uma adega bonita pode ser projetada para manter os vinhos na vertical e em um local mais reservado, podendo ser feita embaixo de uma escada ou no porão”, explica Dani. Mas, hoje em dia a adega também pode fazer parte da decoração de um ambiente em áreas de convívio, como a sala, por exemplo. “Em ambos os casos é preciso pensar em um design que combine com o estilo de decoração da casa. O acabamento também é uma parte importante, pois vai garantir elegância e sofisticação”, finaliza Dani Cunha.

 

%d blogueiros gostam disto: