Grupo Preserve Liserve: consolidação em mais de 4 décadas de existência sem perder o olhar para o futuro 

 

O ano era 1975 e a cidade era João Pessoa. Lá se iniciavam os trabalhos, embora modestos, do que é hoje um dos grandes grupos empresariais do Brasil: O Grupo Preserve Liserve, que apresenta atualmente um amplo portfólio e total expertise nos serviços de logística de valores (tratamento, custódia, cofres inteligentes e gestão de ATM – caixas eletrônicos); escolta armada; segurança patrimonial; segurança eletrônica; terceirização de mão de obra; conservação/limpeza ambiental; táxi aéreo, além de consultoria em gestão e educação corporativa.

Uma trajetória de mais de quatro décadas não é para amadores. O Grupo atualmente é a maior transportadora de valores da Região Nordeste e a quarta maior do País, mantendo um capital humano de mais de 10 mil colaboradores e 20 bases operacionais estrategicamente distribuídas nas capitais e principais cidades do interior.

Ao longo dos 45 anos, mantém o seu perfil buscando formas de conquistar crescimento com uma fórmula simples, mas nem sempre repetida pelo mercado. “O principal norteador do nosso trabalho é a insistência. É isso que fazemos há 45 anos, como marca presente em nossos dias para poder alcançar o que temos hoje. Para isso, buscamos manter um padrão de qualidade, com seriedade, conhecimento e credibilidade”, pontua Agostinho Gomes, fundador e presidente do Grupo.

Passando por vários planos de governo ao longo desta trajetória, o Grupo também não perdeu o otimismo. Nos últimos anos, diante da crise, houve elevação dos índices de violência em todo o país que, somado à deficiente segurança pública existente, fez com que empresas e indivíduos vissem na Segurança Privada uma das soluções para o problema. Para 2019, foi esperado um crescimento do setor de até 16%, segundo dados da Federação das Empresas de Segurança e Transporte de Valores (FENAVIST); isso, porém, não aconteceu.” No início do ano contávamos com este dado, mas em função de atraso em decisões públicas e falando de maneira geral para o País, não vingou. Nos últimos cinco anos, houve uma redução grande dos contratos, onde na área financeira vimos nos bancos e no processamento de transporte de valores uma queda considerável e muitas empresas chegaram a sumir”, ressalta Agostinho.

Mas para 2020, a situação, na visão do empresário, será de mais tranquilidade. Agostinho Gomes acredita que o que não foi alcançado neste primeiro ano do atual governo, poderá se consolidar, trazendo inclusive, mais investimentos para o País. “Há cerca de um ano, deixamos de cair e começamos a crescer neste segundo semestre; por isso estamos otimistas para que, já no primeiro semestre, esse valor possa ser ampliado. É trabalhar para ver isso acontecer”.

Em paralelo à crise, o Grupo não se intimidou. Sempre com os pés firmes, mas avistando o futuro, ajustou as contas dentro das empresas existentes e planejou novos horizontes. “Para os próximos anos estamos focando na área de construção civil, com investimentos imobiliários. Já estamos com grandes áreas adquiridas, empreendendo e investindo em modernidade e tecnologia, que sempre foram palavras de ordem em nosso dia a dia”,

destacou o presidente.

Reforçando que o mercado é quem sempre dá o tom para seus negócios, a diretoria comercial do Grupo também não se intimida.  Para a virada da década, a marca, que é há vários anos consecutivos a mais lembrada pelos pernambucanos, planeja ampliar esta aproximação na memória do consumidor.  “Um atendimento de excelência conquista, fideliza e mantém clientes. A satisfação do Grupo Preserve Liserve está em proporcionar soluções e atender aos nossos clientes com qualidade, segurança, respeito, responsabilidade e excelência nos serviços prestados. Estamos entre as empresas mais avançadas do mundo, a nível de tecnologia, nos segmentos em que atuamos e iremos ampliar isso nos serviços que ofertamos.”, ressalta o diretor comercial Felipe Gomes.

por Ana Paula Bernardes – Edição 50 da Terra Magazine

Siga-nos
0
20

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *