Museu da Cidade do Recife lembra os 191 anos da morte de Frei Caneca

1

“Quando a nau da pátria se acha combatida por ventos embravecidos; quando, pelo furor das ondas, ela ora se sobe às nuvens, ora se submerge nos abismos; quando, levada do furor dos euripos, feita o ludíbrio dos mares, ela ameaça naufrágio e morte, todo cidadão é marinheiro(…)”.

A frase de Frei Caneca, publicada no periódico Typhis em 25 de dezembro de 1823, dois anos antes de sua morte, recepcionará, na próxima quarta-feira (13), os visitantes do Museu da Cidade do Recife (Praça das Cinco Pontas, São José), onde acontece a cerimônia que lembra os 191 anos do arcabuzamento do religioso, ocorrido no mesmo local, em 13 de janeiro de 1825.

Realizado através de uma parceria entre o Museu da Cidade do Recife e a Grande Loja Maçônica de Pernambuco, o evento cívico começa às 14h com a visitação da fortificação e da exposição “Capibaribe Meu Rio” pelos membros do Projeto Fábrica e da ONG Lar Paulo de Tarso.

Às 15h, será exibido, no auditório, um filme sobre Frei Caneca. Às 16h, prestada homenagem, com depósito de coroa de flores no monumento do herói; acendimento da pira; releitura do pregão e da certidão da sentença de Frei Caneca; tiro de festim de canhão; toque de silêncio por corneteiro militar; descerramento de placa na murada da Praça Frei Caneca; apresentação da solicitação de colocação de estátua do religioso, de corpo inteiro, em pedra granito, as expensas da Grande Loja Maçônica de Pernambuco e do plano de soerguimeto da Praça Frei Caneca pela Loja; saudação do Grão Mestrado alusiva à data; saudação do Prefeito da Cidade do Recife; execução do Hino da Cidade do Recife. Às 16h30, haverá troca da Bandeira da Cidade do Recife e execução do Hino Nacional.

Serviço

Evento cívico pela passagem dos 191 anos do Arcabuzamento de Frei Caneca

Onde: Museu da Cidade do Recife (Praça das Cinco Pontas, São José)

Quando: Quarta-feira (13), das 14h às 17h

Informações: 3355-9540 / 9558

%d blogueiros gostam disto: