Novo Projeto de Dilsinho – DVD Open House

Novo projeto foi registrado ontem (19) com participações especiais de Thiaguinho, Henrique e Juliano, Atitude 67 e Marco

Depois de concorrer ao ‘Melhores do Ano’ no Faustão, ganhar o troféu de Cantor do Ano no Prêmio Multishow e bater 1,5 bilhão de views no Youtube, Dilsinho abriu as “portas da sua casa” na noite de ontem, 19 de dezembro, para a gravação do novo projeto audiovisual, batizado de Open House, com ingressos esgotados. “Em todos os lugares do Brasil só recebi carinho, amor. Estive no Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul. Meus fãs e admiradores sempre estiveram comigo, mas agora fiz diferente, pude receber todos eles ‘na minha casa’. Mostrar quem eu sou. De onde vim, o que vivi e no que me transformei. Ficamos ainda mais próximos. Então vem também, fica à vontade no quarto, na sala”, explicou Dilsinho. A gravação aconteceu no Parador, no Recife, capital pernambucana, sob a produção de Augusto Acioli.

Para o novo projeto Open House, Dilsinho optou por estar à frente de todos os detalhes, desde a concepção até o momento da gravação, passando por figurino, locação, repertório, arranjos, e todos os outros pontos importantes na criação de um projeto audiovisual. “Essa é a primeira vez que me envolvi 100% em um projeto e fiz questão disso. Acho muito importante o artista estar próximo de todas as decisões, mas dessa vez eu estive a frente de tudo. É mais um filho meu que saiu do papel e eu estou muito ansioso para que vocês possam ver o resultado. Ficou incrível”.

Dilsinho escolheu grandes artistas para estarem com ele em mais esse marco da carreira. Os escolhidos foram: Thiaguinho, Henrique e Juliano, Atitude 67 e Marco (compositor de Onze e Pouquinho). Sobre as escolhas, ele fez questão de registrar o carinho. “Eu sou fã do Thiaguinho desde que comecei a cantar pagode e foi emocionante para mim ter o astral dele dividindo uma música pela primeira vez. A dupla Henrique e Juliano tem uma maneira de falar de amor que eu me identifico muito. E os caras do Atitude 67, sem palavras, só admiração por eles e pelo trabalho lindo que tem feito. O Marco é um grande parceiro, ele que compôs a ‘Onze e Pouquinho’ e está aqui comigo para somar”.

Para registrar todos os momentos de seu Open House, Dilsinho elegeu um time de peso para estar com ele. A começar pelo diretor de vídeo, que foi Fernando Trevisan “Catatau”, proprietário da UnicFilm, conhecido por registrar DVDs de grandes nomes do cenário musical nacional e que ficaram marcados na memória do público.

No cenário, dois palcos foram montados e interligados entre si. O primeiro, “Quarto e Sala”, homônimo ao último álbum lançado pelo cantor, Dilsinho apresenta versões mais intimistas das músicas mais românticas de seu repertório, com instrumental de cordas e metais. Já no palco “Open House” foram gravadas as performances mais animadas, pulsantes, em clima de festa realmente. Ambos palcos são interativos e com presença de público, como se estivessem literalmente em casa.

A produção musical do projeto é assinada pelo próprio Dilsinho e mais dois grandes nomes: Michel Fujiwara, músico e diretor musical do cantor, além de Bruno Cardoso, vocalista do grupo Sorriso Maroto e responsável também por produzir o primeiro DVD de Dilsinho, “Terra do Nunca”. 22 faixas compõe o repertório do projeto, entre elas 4 medleys e 8 inéditas, uma delas ‘Moletom’ é composição de Dilsinho. E falando em composição própria, umas das regravações presentes no projeto se chama ‘Trovão’ e também e de autoria do cantor. Com as participações especiais, Dilsinho canta ‘Deixa pra Lá’ com Atitude 67, ‘Sogra’ com Henrique e Juliano, ‘Apaixonadin’ com Thiaguinho e ‘Visita’ com Marco. Algumas faixas foram extraídas do álbum “Quarto e Sala”, e os dois projetos, tanto o álbum quanto o DVD, funcionam como uma espécie de linha do tempo da carreira do jovem cantor. Segundo ele, “o álbum foi o esquenta para o DVD, como uma passagem de tempo bem nítida mesmo. As referências do projeto de estúdio (álbum) são mais intimistas, tradicionais e antigas, do figurino ao jeito de se portar. E o Open House é justamente essa passagem de tempo, do antigo e do novo. Como se estivéssemos de casa nova, fazendo uma festa para receber as pessoas”.

A identidade visual de Open House traz forte referência dos tons NEON. “Trouxe referências muito inovadoras para o meu novo projeto, com o intuito de dar um novo passo na minha carreira, mostrar o quanto cresci e amadureci. Tudo o que vai rolar no Open House é muito único, nunca fiz nada parecido. Vai ser um desafio diferente, vou dar um salto musical na minha carreira. Esse espetáculo vai ter uma pulsação diferente”, explica ele. Este é o primeiro projeto onde o cantor traz a referência das cores, diferente de tudo o que costuma usar. Os tons eleitos foram em neon, com a ideia de trazer algo mais íntimo para as pessoas, e o artista responsável por assinar toda a comunicação do DVD foi o Hid Saib. Hid é especialista em fotografia e publicitário. Reconhecido no cenário nacional e internacional, SAIB já realizou mais de 13 exposições, em diversas capitais brasileiras. Também ilustrou o prédio da varejista de Paris Vente Privee (em uma exposição digital) e atualmente conta com uma mostra permanente em uma boate na Ucrânia. Sobre Hid, Dilsinho comenta “ele tem uma ideologia de que as pessoas são todas iguais e o que as diferencia são suas emoções. Para ele, as cores são responsáveis por trazer essa emoção e permitir que os sentimentos venham à tona. Era exatamente isso que estávamos procurando para o Open House“.

fotos: Luiz Fabiano

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *