Roberta Ramalho está entre as 40 mulheres mais poderosas do Brasil eleitas pela Forbes

À frente do maior estaleiro de embarcações de luxo do país, Roberta Ramalho, CEO da Intermarine, está entre as 40 mulheres mais poderosas do Brasil, de acordo com a revista Forbes. A executiva figura na lista ao lado de grandes nomes como Chieko Aoki, do Blue Tree Hotels, Cristina Junqueira, do Nubank, Donata Meirelles, da Vogue Brasil, Luiza Helena Trajano, do Magazine Luiza, Rachel Maia, da Pandora Brasil, dentre outras.

Roberta Ramalho, CEO da Intermarine

A jovem empresária de 24 anos, formada em economia, assumiu as rédeas do estaleiro em 2014, e enfrentou três grandes desafios: ter apenas 20 anos de idade, ser mulher e herdeira do fundador, Gilberto Ramalho.

Depois de três anos no comando da companhia, Roberta tem motivos para comemorar. “Lançamos o maior iate produzido em série no Brasil, com cerca de 30 metros”, disse à Forbes. Além disso, a empresa vê boas projeções para 2018.

Desde que assumiu a Intermarine, Roberta vem realizando significativas mudanças – reestruturou a produção do estaleiro, ampliou sua distribuição, aprimorou serviços de assistência técnica, fortaleceu a presença da marca através de ações de marketing, além de ampliar o número de lançamentos e eventos.

Sobre a Intermarine

A Intermarine é a marca mais prestigiada dos mares brasileiros. O estaleiro, líder em embarcações de luxo no Brasil, já produziu e comercializou milhares de unidades desde 1973. São mais de 50 mil m2 de instalações, onde são construídas embarcações de classe mundial. A cada lançamento, a Intermarine estabelece novos padrões de estética, engenharia e tecnologia. O design inconfundível, a performance excepcional, a sofisticação, a alta qualidade de construção, a assistência técnica eficaz e o melhor valor de revenda, tornam a Intermarine incomparável.

Leia também: