Pedro Scooby é a capa da GQ de setembro

Surfista profissional fala sobre o relacionamento com Anitta, fama, os filhos com Luana Piovani e a infância difícil em Curicica, no Rio; revista chega às bancas nesta segunda (02.09)

Pedro Scooby estampa a capa da GQ Brasil de setembro, que chega às bancas nesta segunda-feira (02.09). Aos 30 anos, o surfista de ondas gigantes afirma à revista que está vivendo a melhor fase da sua vida com patrocinadores que apostam em seu lifestyle e aparecem na prancha de ondas gigantes. O surf é um esporte de elite, mas ele nadou contra a maré social. Aprendeu a pegar onda com o pai aos cinco anos e, aos 10, já ia de ônibus sozinho para a praia. “Tive uma vida difícil, meu pai foi preso quando eu ainda era moleque e, de repente, me vi como o homem da casa. Pelo meio que eu vivia, eu tinha tudo para dar errado, já perdi muito amigo assassinado, mas o surf salvou a minha vida e passei a sustentar a minha família com o dinheiro que eu ganhava”.

Depois de um casamento de oito anos com a atriz Luana Piovani – com quem teve três filhos (Dom, Bem e Liz) –, o surfista assumiu recentemente um namoro com a cantora Anitta – que agora está dando um tempo. “As pessoas me relacionam a essa coisa de exposição, mas esse não é o meu mundo. Meu mundo é o surfe. Fama não é o que eu busco, embora, às vezes, seja inevitável.” Em sua opinião, ele e Luana não deram certo como casal. “Eu sempre quis ser pai, formar uma família. Fizemos. Meus três filhos são meus grandes amores”. Scooby e Anitta tiveram uma história há três anos, quando ele estava separado. “Nos gostamos muito e foi uma coisa mal resolvida. A gente se reencontrou, estamos apaixonados.”

Na entrevista, Scooby ainda conta que sua profissão o transformou em um cara que vive o agora. “Eu faço um esporte de risco, posso morrer a qualquer momento”, explica. Mas se tivesse que fazer uma aposta para o futuro, rebate: “quero viver no mar, aproveitar minha família. Penso em casar de novo, quero ter mais filhos, mas não projeto muito o futuro não. Quando você pisca, ele já acabou”. Para acompanhar todo o conteúdo, acesse gq.globo.com e, nas redes sociais, procure por: @gqbrasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *