Produção autoral em evidência no “Mercado Urbano” na Urban Arts

Galeria de arte dá espaço para encontro da economia criativa no Espinheiro, sábado (15) e domingo (16), incentivando marcas e impulsionando negócios

                                                       Wunderbar Brasil – divulgação

A economia criativa cresce acima da média no Brasil, país que é considerado um dos maiores mercados para esta indústria. Dados mais recentes da Firjan (PDF – 0,9 MB), as indústrias criativas e culturais do Brasil geraram R$ 155,6 bilhões em 2015, correspondendo a 2,64% do PIB brasileiro naquele ano e empregando 851,2 mil pessoas (1,8% do total de empregos formais no Brasil). O setor que envolve propriedade intelectual própria envolve marcas, especialmente na área de Consumo (como os segmentos de design e moda), que intensificam um novo perfil de empreendedor, com liberdade de criação e atitude vanguardista. O novo cenário, pautado na produção local e criativa, tem as mulheres como as principais forças motrizes com ideias diferenciadas, únicas e inovadoras em design, produção e gestão. Com isso, cresce cada vez mais o protagonismo feminino que, nos últimos 14 anos, aumentou em 34% no Brasil, somando mais de 7,9 milhões de mulheres que comandam micro e pequenas empresas. Esse movimento ganha destaque no sábado (15) e no domingo (16) com o “Mercado Urbano”, coletivo que reunirá nomes desssa nova geração, com a presença da Gabi Fonseca Bolsas, Juana Moura Acessórios, Maria Ribeiro Design, Marquesa Tees, Pindorama, Wunderbar Brasil, na Urban Artes Espinheiro.

                                                                                Maria Ribeiro Design – divulgação

Trabalhando com conceitos particulares, modelagens próprias e desenhos exclusivos, as marcas que participam da quinta edição do projeto, que vem sendo realizado desde 2014, lançam suas novas coleções e ainda trarão alguns destaques dos seus trabalhos, para agradar aos clientes e fãs das grifes, que são movimentadas por empreendedoras fortes e que energizam o conceito de produção local. “Queremos encorajar a produção que é desenvolvida no estado e proporcionar um ambiente de compartilhamento, de estímulos e de ideias, que mostre a indústria criativa como uma grande atividade produtiva para o país. Como uma galeria de arte, apoiamos todo tipo de potencial criativo e artístico. E a produção local, pautada na economia das ideias, está dentro desse escopo”, comenta Brisa Diniz, da Urban Arts Recife. Para isso, a galerista se uniu a mulheres que carregam o mesmo DNA e atuam em segmentos envolvidos na economia criativa, em setores relacionados à moda e decoração.

Estão à frente desses projetos e marcas já consolidadas no mercado, e que levarão peças únicas para o evento. Um dos destaques são as peças da Juana Moura Acessórios, que levará itens em estilo contemporâneo, feitos à mão, da Coleção Soul do Mar, que carrega em si inspiração no balneário. São acessórios com pegada bem atual com búzios, conchas, contas, cordas, madeira, com um trabalho minucioso de cores da designer de joias com mais de três anos de atuação e mais de duas mil peças da sua marca homônima.  Também na linha de acessórios, Maria Ribeiro traz pulseiras, brincos e anéis de um projeto que vem conquistando adeptos e incrementa os looks de muitas personalidades locais, como a cantora Ylana Queiroga, que encantam com seus linhas características. A jovem designer, que vem ampliando sua visão empreendedora, ainda surpreende o público com uma série diferenciada de adereços para casamentos (Maria Ribeiro Noivas), luminárias e espelhos (Maria Ribeiro Casa) que ampliam o seu trabalho já conhecido no estado. Ainda dentro da proposta décor, a Wunderbar Brasil, loja conceito de móveis e objetos de decoração, leva para o “Mercado Urbano” peças diversas, que estão alinhadas com a arquitetura, a identidade das personalidades dos usuários e o conceito alemão de criatividade e qualidade, em uma linha própria de estofados e acessórios. As peças, que são resultado da experiência de sua criadora, Renata Jatobá, envolvem um catálogo de almofadas, por exemplo, como as redondas Retrô, poltronas com estilos repaginados. O nome da marca, numa tradução do alemão, significa “Maravilhoso”, com a finalidade de construir ambientes cheios de alma.

Por sua vez, especificamente no que diz respeito à moda, o evento contará com a presença da Marquesa Tees, que trará suas estilosas t-shirts, mullets e maxi tees, vestidos estampados e leves, que integram a coleção de Natal: “Elementos da Sorte” traz, com uma espirituosa proposta de boas energias, símbolos particulares dessa data. Estão entre as simbologias que integram a nova coleção o Olho Grego (talismã contra a inveja e o mau-olhado) e o Trevo de Quatro folhas, ao qual é atribuído um significado para cada folha (esperança, fé, amor e sorte), em estampas exclusivas para adultos e crianças. Para o público infantil, a Pindorama leva suas roupas para meninos e meninas com estampas exclusivas e modelagens próprias em modelos pensados de seis meses a 10 anos, com peças em sua maioria 100% algodão. Vestidos para diversas ocasiões do dia a dia a momentos especiais, batinhas charmosas, camisas e macaquinhos descolados integram o portfólio da marca que se especializou em uma proposta diferenciada para a criançada que curte coleções únicas. E, para complementar o visual, o Mercado Urbano terá as diferenciadas bolsas de Gabi Fonseca, que traz o seu designer original em um conjunto trabalhado com couro proveniente do Rio Grande do Sul. Mochilas, tiracolo e carteira estão nos modelos que são desenhados pela designer Gabriela Fonseca, com detalhes diferenciados como recortes produzidos manualmente, formas circulares e de pipa, que reforçam a concepção autoral da produção empreendedora de Pernambuco.

Tudo poderá ser conferido em um ambiente especial que a Urban Art Espinheiro irá criar para receber todos que também buscam incrementar a política local de produção e de economia criativa, além de antecipar as compras de fim de ano. Um momento em que os apaixonados por artes também poderão conferir de perto novos projetos e artistas da galeria. O Mercado Urbano movimenta a sede da galeria de arte na Rua da Hora, nº 647, no Espinheiro, no sábado (dia 15) e no domingo (16), das 9h às 17h.

 

Sobre a Urban Arts

Desde maio de 2009 em operação, a Urban Arts é uma galeria de arte diferente, que oferece trabalhos de mais de quatro mil artistas independentes do Brasil e do mundo e mais de 70 mil artes, todas autorais, exclusivas e com tiragem limitada. Teve sua primeira galeria física inaugurada em 2011 na Rua Oscar Freire, em São Paulo. Hoje conta com 24 unidades por todo o país. No Recife, a Urban Arts atua há quatro anos, comandada pela empresária e galerista Brisa Diniz, com a primeira unidade inaugurada no número 647, da Rua da Hora, no Espinheiro, e a segunda aberta há dois anos, na Avenida Conselheiro Aguiar, 576, em Boa Viagem.  

 

Informações do evento

Datas: 15.12.2018 (sábado) e 16.12.2018 (domingo)

Horário: 9h às 17h

Local: Urban Arts I Espinheiro

Rua da Hora, 647, Espinheiro

Mais informações pelo telefone: 81 3032.0034

                                                                              Gabi Fonseca – divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *