Ricardo dos Anjos de O Boticário pontua mitos e verdades sobre os cabelos lisos

Durante a sessão de fotos para a capa da Revista da Revendedora, a pernambucana Maria Eduarda da Silva Pereira aproveitou a ocasião para fazer um bate-papo com Ricardo Melo, de O Boticário, e descobrir tudo sobre cabelos lisos. Confira:

Maria Eduarda: Dormir com os cabelos molhados faz mal?

Ricardo: Faz mal não só para a saúde e como para o couro cabeludo. É claro que tem gente que só consegue lavar o cabelo à noite, então eu dou a dica de que seque os fios antes de dormir, com vento frio. O importante é retirar o excesso de água do cabelo.

Maria Eduarda: Cabelos lisos não precisam ser penteados, mito ou verdade?

Ricardo: Claro que precisa! Os cabelos lisos e finos podem fazer nós e, por isso, precisam ser penteados.

Maria Eduarda: Os cabelos lisos também possuem frizz?

Ricardo: Sim. Na verdade, o frizz é até mais comum em cabelos lisos. Em cabelos cacheados, o frizz acaba ficando disfarçado, já em cabelos lisos, você vê o frizz com mais facilidade.

Maria Eduarda: Os cabelos lisos são mais brilhantes do que outros tipos de fios?

Ricardo: Na maioria das vezes, sim, porque os fios têm uma produção de oleosidade mais frequente, o que deixa o cabelo mais oleoso. Mas se você não cuida do cabelo, o brilho vai embora! Nos cabelos lisos a luz reflete de forma mais homogênea e o brilho fica mais evidenciado. Já em cabelos cacheados a luz é refletida em várias direções, o que não proporciona brilho tão evidente.

Maria Eduarda: Depois do alisamento, é preciso ficar três dias sem lavar o cabelo?

Ricardo: Depende do tipo de alisamento. Existem as progressivas à base de produtos químicos que fazem menos danos aos fios, então eles precisam de um tempo de ação maior. Tem outros tipos de alisamento que não precisam deste tempo todo de espera para ter resultado com aparência natural.

Maria Eduarda: Cabelos com tintura não podem ser alisados, mito ou verdade?

Ricardo: Vai depender do tipo de alisamento e de tintura que serão utilizados. Se a tintura e alisamento são com amônia, eles são compatíveis e não há problema. Se é com formol, não há compatibilidade entre as fórmulas. Por isso, o ideal é perguntar para o seu cabeleireiro que tipo de química que será aplicado.

Maria Eduarda: É possível prolongar o efeito do liso de procedimentos químicos?

Ricardo: Sim. Mas é possível também matar o fio com este tipo de procedimento.  Há mulheres que começaram a fazer alisamento há dez anos e começaram a perder o comprimento dos fios, as pontas ficam ralas, o cabelo fica sem vida. Mas sim, existem produtos que favorecem a manutenção do alinhamento.

Maria Eduarda: Lavar o cabelo todos os dias retira o efeito liso com procedimento químico, mito ou verdade?

Ricardo: Não. Tem gente que faz progressiva e fica com medo de lavar o cabelo. Lavar não tira a química! Depende do tipo de procedimento químico realizado. Os definitivos não, pois uma vez a estrutura do fio sendo alterada, essa não retorna ao formato original. Porém, procedimentos temporários (ex. alisamentos com queratina, aminoácidos…) podem ser removidos progressivamente com as lavagens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *