Presidente da Renault foi demitido nesta quinta-feira.

O Conselho de Administração da Renault se reuniu na quinta-feira(10/10) para pronunciar a nova governança do Grupo.

Durante a reunião, o Conselho de Administração decidiu encerrar os mandatos de Thierry Bolloré como CEO da Renault S.A. e presidente da Renault S.A.S, com efeito imediato.

Clotilde Delbos

O Conselho de Administração decidiu nomear, com efeito imediato, Clotilde Delbos na qualidade de CEO da Renault S.A. por um período interino, enquanto conduz um processo de nomeação de um novo CEO.

O Conselho de Administração deu um parecer favorável à nomeação dos Senhores Olivier Murguet e José-Vicente de los Mozos, na qualidade de Diretores Gerais Adjuntos, a fim de auxiliar a Senhora Clotilde Delbos em suas funções.

Além disso, o Senhor Jean-Dominique Senard assumirá a Presidência da Renault S.A.S. durante este mesmo período interino.

 

 

BIOGRAFIAS 

Nascida em 1967, Clotilde Delbos é formada pela Escola de Gestão EM de Lyon, na França.

Iniciou sua carreira na Califórnia e depois em Paris, na Price Waterhouse. Em 1992, foi para o grupo Pechiney. Desempenhou diferentes funções na França e em Bruxelas, na auditoria interna, tesouraria e fusões & aquisições, até tornar-se diretora financeira da Divisão (Bauxita, Alumina e Comércio Internacional). Em 2005, após a aquisição da Pechiney pelo grupo Alcan do Quebec, Canadá, Clotilde Delbos tornou-se vice-presidente & diretora financeira da divisão de Produtos de Engenharia, até a cessão desta ao fundo de investimentos Apollo Global Management e ao Fonds Stratégique d’Investissement, em 2011. Nesta nova empresa, Constellium, suas duas últimas funções foram como diretora financeira adjunta (deputy CFO) e diretora de riscos (Chief Risk Officer).

Clotilde Delbos ingressou no Grupo Renault em 2012, como diretora de performance e controle do Grupo. Em 1º de maio de 2014, Clotilde Delbos passou a ser diretora mundial da Aliança de performance e controle, além de desempenhar a função de vice-presidente sênior de performance e controle do Grupo Renault.

Em 25 de abril de 2016, Clotilde Delbos passou a ser vice-presidente executiva e diretora financeira (CFO) do Grupo Renault e presidente do conselho de Administração do Banco RCI.

Em 1º de abril de 2019, Clotilde Delbos, diretora financeira (CFO) do Grupo Renault e presidente do conselho de administração do Banco RCI, assumiu igualmente a direção de controle interno. É membro do comitê executivo do Grupo Renault.

Olivier Murguet

Nascido em 1966, Olivier Murguet é formado pela Escola Superior de Comércio de Paris/Europa. Em 1990, iniciou sua carreira na Renault em Portugal, no controle de gestão, tendo posteriormente desempenhado diferentes funções na Divisão de Vendas & Marketing da Renault, na França.

Em 1996, assumiu a função de diretor de vendas da Renault do Brasil e, em 2001, diretor da rede de concessionárias na França, o principal mercado do Grupo. Olivier Murguet exerceu sucessivamente as funções de diretor geral da Renault Polônia, diretor geral da Renault Espanha e diretor geral da Renault México.

Em 2012, tornou-se diretor geral do Grupo Renault no Brasil e presidente da Renault do Brasil.

Em abril  de 2015, Olivier Murguet tornou-se diretor de operações / chairman da região Américas do Grupo Renault.

Em 1º de novembro de 2018, Olivier Murguet foi nomeado vice-presidente de vendas & regiões do Grupo Renault. É membro do comitê executivo do Grupo Renault.

José-Vicente de los Mozos

Nascido em 1962, José-Vicente de los Mozos é engenheiro aeronáutico pela Universidade Politécnica de Madri, mestre em técnicas de produção pela Escola de Negócios CESEM de Madri e concluiu o programa de gestão executiva da Universidade de Stanford.

Ingressou na Renault em 1978 como aprendiz, passando posteriormente a fazer parte da equipe de engenharia da fábrica de carroceria e montagem em Valladolid. Na França, a partir de 1993, desempenhou diferentes funções de responsabilidade na divisão de engenharia da Renault. Voltou à Espanha como chefe do departamento de estamparia da fábrica de carroceria e montagem em Valladolid e, depois, responsável pelo departamento de montagem e estamparia na fábrica de Palencia.

Em 2003, foi para a Nissan Motor Ibérica em Barcelona, como diretor industrial adjunto e, em 2005, passou a ser diretor geral da Nissan Motor Ibérica. Um ano mais tarde, tornou-se vice-presidente, responsável pelas operações industriais da Nissan na Espanha.

Em setembro de 2008, foi para a FICOSA (fabricante de componentes automotivos), como Diretor de Operações (Chief Operating Officer – COO) do departamento automotivo, posição que manteve até outubro de 2009.

De volta do Grupo Renault, em outubro de 2009, foi nomeado vice-presidente de manufatura de carroceria e montagem do Grupo, além de assumir a função de diretor geral da Renault Espanha, em janeiro de 2012.

Em março de 2013, enquanto mantinha as funções de diretor geral da Renault Espanha, José-Vicente de los Mozos foi nomeado diretor industrial e de logística da região Europa.

Em 10 de setembro de 2013, passou a ser vice-presidente executivo de manufatura e supply chain do Grupo Renault.

Em setembro de 2016, tornou-se também responsável pela direção de Saúde, Segurança e Meio Ambiente (Health, Safety and Environment – HSE) do Grupo Renault.

Em 1º de abril de 2018, José-Vicente de los Mozos foi nomeado vice-presidente executivo de manufatura e supply chain da Aliança 1 e vice-presidente executivo de manufatura e supply chain do Grupo Renault. É membro do comitê executivo do Grupo Renault.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *