Gastronomia

Dia da Pizza: versatilidade e sabor agradam paladar dos brasileiros

Versátil e muito saborosa, a pizza é um dos alimentos que faz parte do dia a dia das pessoas. De acordo com a ECD Food Service, o Brasil é o segundo país que mais consome essa comida, mostrando que o item agrada muitos paladares, além de trazer um sentimento de acolhimento, pois geralmente é consumido em rodas de amigos, familiares ou outros momentos de conforto. Para celebrar esta comida, o Dia da Pizza, celebrado em 10 de julho, já faz parte do calendário nacional, sendo um convite a degustar a comida e aprender mais sobre este alimento.

Importante mencionar que as curiosidades sobre o surgimento da pizza começam justamente com sua origem. Apesar de ser uma comida tipicamente italiana, de acordo com o professor de Gastronomia da Wyden, Vithor Giovani, sua origem remonta da antiguidade. Isso porque os egípcios e gregos faziam discos de trigo recheados com azeite e ervas, assim como também os romanos na mesma época. “A pizza moderna, que conhecemos hoje, teve origem em Nápoles na Itália no século XVIII. Foi nessa época que se adicionou o tomate na receita, pois as pessoas mais pobres tinham acesso a esse alimento e, assim, o acrescentavam na pizza”, explica.

Nesse sentido, vale ressaltar que os imigrantes italianos foram os responsáveis por difundir a pizza no mundo. Os principais países onde a pizza é muito famosa são o Brasil e Estados Unidos, cada um com suas variações de sabores e ingredientes. O docente Vithor acrescenta, ainda, que outra curiosidade é sobre a pizza Marguerita, que leva, além da massa, o tomate, queijo e manjericão. Ele compartilha que ela foi criada por Raffaele Esposito em 1889 em homenagem à Rainha Marguerita da Itália e tinha as cores da bandeira italiana. Além disso, “a primeira pizzaria conhecida foi a Antica Pizzeria Port’Alba, em Nápoles, datada de 1830. Ela funciona até hoje”.

Um alimento, muitas possibilidades

São inúmeras as possibilidades de preparo de uma pizza. A massa, por exemplo, pode ser tradicional, integral ou massa sem glúten. Sem contar que os métodos de cozimento são diversificados: o tradicional forno à lenha, forno elétrico, forno a gás e até mesmo churrasqueira ou frigideira. “Quanto às coberturas, podem ser as tradicionais, como tomate, queijo muçarela, pepperoni e calabresa. Pode ser também mais gourmet com figo, trufas, queijos de cabra, presunto de Parma e etc”, pondera Vithor. Quanto ao molho, ele reforça que pode ser o tradicional molho de tomate, o molho bechamel, prato e até o barbecue,

Versatilidade: opções vegetarianas e veganas

Para quem não consome produtos de origem ou reduziu o consumo de carnes, a experiência de degustar pizzas com sabores indescritíveis também é possível. No universo da pizzaria, há opções vegetarianas e veganas, que cada vez mais têm sido procuradas pelas pessoas com alimentação alternativa à carne. O professor de Gastronomia, Vithor Giovani pontua que as pizzas vegetarianas, por exemplo, são uma opção versátil. “Há pizzas de Marguerita, de alcachofra, legumes, entre outras. No lugar do queijo há também a opção de tofu, feito com soja”.

Para aproveitar o Dia da Pizza, lembre-se que prepará-la, seja em restaurante, casa ou em qualquer lugar, pode ser um processo divertido e gratificante. E como qualquer alimento, deve-se ter atenção quanto à higiene e escolha dos ingredientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *