Empresário cria receita de cookie e fatura R$ 20 milhões em tempos de pandemia

 

A busca pelo cookie perfeito fez DUCKBILL COOKIES & Coffee sucesso no paladar brasileiro e hoje conta com de 100 unidades em operação e 90 para inaugurar

Na busca pela criação de um produto diferenciado, Rafael fez dos cookies seu carro chefe e, desde então, tem sucesso nas vendas, chegando hoje a mais de 2 milhões de cookies vendidos.  

Nos últimos meses, em tempos de pandemia, o empresário e seus sócios resolveram investir na qualidade das entregas. A preocupação era cumprir com as medidas de segurança da OMS, mas ao mesmo tempo garantir que os clientes tivessem a mesma experiência de prazer e qualidade em casa que têm quando vão até uma loja física. 

Com isso, investiram em logística, acessórios e o que mais foi necessário para que os clientes continuassem recebendo seus cookies quentinhos e com uma palavra de carinho nas embalagens. Por consequência, em 2020, a rede faturou cerca de R$20 milhões de reais, em pleno isolamento social.

“Nossas vendas em delivery estão dando muito certo, aumentaram 40% e após o acordo de exclusividade com o Ifood, a expectativa é que a gente passe de 11 mil pedidos por mês para 30 mil.”, comenta Mikeias, um dos sócios da rede.

Segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising), o crescimento do delivery, assim como o bom desempenho dos supermercados e das lojas de conveniência, ajudaram a reduzir o impacto sofrido do seu segmento” afirma André Friedheim, seu presidente. 

“O mercado brasileiro de franquias segue se reinventando, trazendo soluções inovadoras para atender as novas demandas do consumidor diante da pandemia, com um grande avanço do processo de digitalização das redes e pronto para sair mais forte desse período”, completa. 

Diante deste cenário, franquias como a DUCKBILL, mostram que a dedicação e diferencial de um produto podem, sim, nadar contra a maré, mantendo-se firmes e continuando a dar bons resultados. 

Mas essa vontade de dar certo foi um propósito desde o início, afinal, foram 42 receitas testadas e entre erros e acertos – somados à inspiração pelos incríveis cookies nova-iorquinos – nasceu o cookie exclusivo da marca.

“A cozinha para mim sempre foi um espaço para relaxar e laboratório onde testei receitas do mundo inteiro. Algumas delas precisei da ajuda do Google tradutor, inclusive” – conta Rafael Naves, sócio fundador da marca.

Foram cerca de 6 meses que o empresário investiu nos testes de temperaturas do forno, seleção de ingredientes e no hábito de manter o que era bom de uma receita e remover o que não dava certo de outra. Rafael conta que costumava convidar familiares e amigos para experimentar as criações até, finalmente, alcançar seu objetivo. 

Atualmente, nas unidades da marca existe uma grande variedade de sabores e há sempre lançamentos. Os mais vendidos são o ao leite (com massa de baunilha) e o Cookie Dark (contém chocolate meio amargo na massa black, 100% cacau). Porém, os favoritos do fundador, são o White Lemon (massa de baunilha, chocolate branco e limão) e o Cookie Red Velvet (coberto com deliciosa camada de cream cheese).

Além da especialidade da casa, há outras delícias no cardápio e o café possui produção própria, do qual os clientes podem usufruir tanto em loja física quanto saboreá-lo em casa, pois a marca lançou algumas opções, como a versão em sachê (drip coffee), bastante prático, pois apenas precisa adicionar água para retraí-lo diretamente do copo, a versão em cápsulas compatíveis com máquina Nespresso e a versão cappuccino.

Em 2018, a marca se associou ao grupo 10x, em 2018, iniciando assim no franchising e o modelo de negócio chamou a atenção inclusive do ator e apresentador, Marcio Garcia, que hoje é um dos sócios investidores da DUCKBILL. 

Hoje, são 100 lojas em funcionamento em 24 estados, mais 90 prestes a inaugurar. O objetivo é chegar a 500 unidades nos próximos 5 anos. 

Raio-x da franquia:

Ano de fundação: agosto de 2016

Início no franchising: janeiro 2018

Número de franquias: 190

Lojas já inauguradas: 100

Investimento inicial total: a partir de R$ 159,900 (quiosque/ light)

Taxa de franquia: a partir de R$ 49.900

Adequação de imóvel, projeto e móveis e reforma: a partir de R$ 90.000

Equipamentos: a partir R$ 35.000

Capital de giro: mínimo de R$ 10.000

Royalties: R$ 2.500,00 ou média de 7%

Faturamento médio mensal bruto por unidade: R$ 50.000,00

– Na unidade Premium o faturamento médio de R$ 80.000 lucro médio de 20% a 25%

Prazo de retorno: 18 a 24 meses

Número de funcionários: e 2 a 6 – a depender do modelo

Site: duckbillcookies.com.br 

Instagram: @duckbill.oficial 

E-mail para compra de franquia: Mikeias.costa@g10x.com.br

One thought on “Empresário cria receita de cookie e fatura R$ 20 milhões em tempos de pandemia

Deixe uma resposta para Michelle Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *