Notícias

Férias: ortopedista alerta para cuidados com o joelho na prática de esportes

Com a chegada das férias, muitas pessoas aproveitam o tempo livre para praticar atividades esportivas. No entanto, o aumento da prática de esportes pode levar a um maior risco de lesões, especialmente no joelho. Para garantir uma temporada de férias saudável e segura, especialistas em ortopedia e medicina esportiva compartilham dicas valiosas para a prevenção de lesões no joelho.

De acordo com o ortopedista especialista em joelho e medicina do esporte, do Instituto de Ortopedia e Trauma do Recife (IOT), Dr Dilamar Pinto, o aquecimento e o alongamento são fundamentais antes de qualquer atividade esportiva. “Um aquecimento adequado prepara os músculos e articulações para o exercício, aumentando a circulação sanguínea e a flexibilidade. Alongar-se ajuda a prevenir lesões, garantindo que o corpo esteja pronto para a atividade física,” explica.

Além disso, o uso do equipamento esportivo adequado é crucial para a prevenção de lesões. Para o especialista, é fundamental usar sapatos específicos para cada esporte, joelheiras e outros equipamentos de proteção que podem reduzir significativamente o risco de lesões no joelho. Mas, antes de utilizar é aconselhado verificar se o equipamento está em bom estado e se é apropriado para a modalidade esportiva praticada.
“Exercícios de fortalecimento muscular, especialmente para os quadríceps e isquiotibiais, ajudam a estabilizar o joelho e a prevenir lesões. Incorporar exercícios de fortalecimento na rotina de treino pode fazer uma grande diferença”, alerta o ortopedista, acrescentando que a prática de técnicas corretas e um treinamento progressivo são fundamentais.

O especialista alerta para a importância do descanso. “O corpo precisa de tempo para se recuperar após atividades intensas. O descanso adequado ajuda a prevenir lesões por uso excessivo e permite que os músculos se recuperem e fortaleçam,” enfatiza. Mas, se sentir desconforto, dor ou inchaço no joelho não devem ser ignorados. Se sentir algum desses sintomas, é importante interromper a atividade e procurar orientação médica para evitar agravamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *