Saúde

Saiba como investir em uma alimentação saudável para as crianças nas férias

Manter uma alimentação saudável para as crianças durante as férias pode ser um desafio, mas com um pouco de planejamento e criatividade, é possível garantir que elas se alimentem bem mesmo com mais tempo livre. Existem algumas estratégias que podem ajudar como ter um plano de refeições para a semana, incluindo lanches saudáveis e refeições balanceadas, evitando a tentação de recorrer a fast food ou lanches pouco nutritivos. Envolver as crianças desde as compras até a ajuda na cozinha é outra dica interessante e por fim, manter a geladeira e despensa com itens mais saudáveis, como as frutas, iogurtes, vegetais, queijos mais magros, castanhas, etc.

De acordo com a nutricionista e professora do curso de Nutrição do Centro Universitário UniFBV Wyden, Uyara Lima, para os pais que moram em regiões mais quentes como no Nordeste, por exemplo, umas das grandes preocupações é com a ingestão de água. “Muito importante investir na ingestão de água para as crianças que passam boa parte do dia em atividades físicas e com um ambiente mais quente a hidratação se torna ainda mais necessária. Interessante o consumo de frutas porque além de ajudarem na reposição da água são ricas em vitaminas, minerais, carboidratos e fibras. Melancia e água de coco são grandes aliadas nas férias das crianças”, explica Uyara.

A professora sabe que nesse período é difícil não cair na tentação dos lanches rápidos e não muito saudáveis. “Durante as férias, é natural que as crianças queiram consumir guloseimas. Em vez de proibir completamente esses alimentos, é importante ensinar a importância da moderação. Permitir que elas desfrutem de seus petiscos favoritos de vez em quando, mas equilibrar com opções mais saudáveis no dia a dia, é uma abordagem sensata”, destaca a nutricionista.

Por fim, a professora dá uma dica que pode ajudar bastante nessa missão de reforçar uma boa alimentação para os pequenos. “Apresentar a comida de forma criativa pode aumentar a aceitação dos pequenos. Usar cortadores de biscoito para fazer formas divertidas com sanduíches e frutas, ou organizar os alimentos em pratos coloridos e temáticos, pode incentivar as crianças a experimentarem novos alimentos”, conclui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *