Pedras brasileiras e peças em madeiras são tendência para ambientação nacional na coleção “Morada Brasileira. Stories” da Pointer

Conforto, design democrático e arrojado são buscas do brasileiro na ambientação contemporânea e tendências refletidas na coleção 2019 da Pointer, ‘Morada Brasileira. Stories.’, apresentada em Recife quinta-feira (28), no Mar Hotel Conventions, em Boa Viagem. A marca do grupo Portobello recebeu convidados para mostrar em formato de showroom o que pretende levar aos lares brasileiros em 2019 com a nova coleção.

O arquiteto pernambucano Juliano Dubeux e o designer da Pointer Gladmir Flores – Foto Debora Claro

Pedras brasileiras e peças em madeiras são tendência para ambientação nacional, que traz o que o brasileiro busca para sentir-se em casa. E esse anseio do consumidor ganha destaque na Coleção 2019 da Pointer, intitulada “Morada Brasileira. Stories”, que renova ainda a parceria com o arquiteto Maurício Arruda e investe no Supercerâmico. A coleção ‘Morada Brasileira. Stories.’ traz novos materiais, texturas, relevos e cores com o conhecido design democrático da Pointer. Ela foi elaborada a partir de workshops com Arruda e pesquisas com consumidores reais para entender as diversas formas de viver e morar, porque cada pessoa e cada casa são únicas. “Temos um produto que não é só belo, ele tem valor agregado, com conceito e história. Cada peça dessa carrega sua própria história. O Maurício Arruda foi ao Parque Lage, a Ouro Preto, a Jurerê para pesquisar, conhecer, ver e transmitir essa história”, defendeu Ernani Albuquerque, superintendente comercial da Pointer.

Daí surgiram as cerâmicas Assis, Jurerê e Parque Lage, da linha exclusiva Pedras Brasileiras, novidades desta coleção ao lado da linha C-motion, composta pelos produtos C-motion Grey, C-motion Off White e E-motion. A linha Clássica ganhou a adição do produto Nero Basco e a linha Tropicália, que reproduz madeiras das florestas brasileiras, ganhou o produto Amazônia, um mix de mogno, aroeira, angelim e imbuia, duplamente sustentável: é uma pedra produzida na fábrica de revestimentos cerâmicos mais sustentável do Brasil e ainda evita a derrubada de árvores para servir de produto na decoração.

Ernani seguiu apresentando como a Pointer, uma empresa alagoana com vocação de atender o Nordeste, em quatro anos já colocou seus produtos em 50 países do mundo e incrementou seu portfólio de 80 para 277 produtos. “Metade de nosso portfólio foca na classe C e se mantém em um custo acessível para eles. Os outros 50% são produtos que consideramos que podem chegar, sim, à classe A, que não devem nada em qualidade. Porém mais que isso, defendemos que o cliente tem o direito de ter acesso a design e qualidade em sua casa e usamos da informação para vencer possíveis bloqueios culturais que ele tenha em relação a isso”, completou Ernani.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *