28º Janeiro de Grandes Espetáculos: Programação infantil agita o mês de férias escolares

Proporcionando entretenimento e sensibilização no mês das férias, com temas importantes para os pequenos, o festival Janeiro de Grandes Espetáculos reúne oito atrações para as crianças, os jovens e também os adultos, que podem reviver as emoções dos anos formativos e sua ludicidade. Os espetáculos mesclam diferentes linguagens, como o teatro, música, dança e circo, com sessões no Recife, Jaboatão dos Guararapes, Limoeiro e Caruaru.

A grade completa está disponível no site do festival (www.janeirodegrandesespetaculos.com). Confira:

Sábado (15/1)

Nuneco e as Flores

CiArte (Caruaru)
Horário e local: 16h, no Teatro João Lyra Filho (R. Visc. de Inhaúma, 999, Maurício de Nassau, Caruaru)
Duração: 50 min
Classificação: 12 anos
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), à venda na Sympla e na bilheteria do teatro

Através da tradicional arte da palhaçaria, o espetáculo aborda temas como a pandemia, os desafios impostos por esta nova realidade e como incorporar novas visões de vida. Na obra, o Palhaço Nuneco precisa encontrar seu amor, uma bailarina, que desapareceu. Para isso, precisa percorrer o mundo dos sonhos, em uma aventura repleta de aprendizados.

Jeremias e as Caraminholas
Teatro do Amanhã (Jaboatão dos Guararapes)
Horário e local: 17h, no Teatro Luiz Mendonça (Parque Dona Lindu)
Duração: 52 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), à venda na Sympla e na bilheteria do teatro

Jeremias começa a sair da infância e se depara com o tempo do coração, o tempo cronológico e o amor. Neste percurso, o pré-adolescente também se encontra com a poesia sobre a perda e sobre a esperança. Nasce então um menino que quer escrever as suas próprias memórias, como já tinha feito o seu avô, contador de caraminholas.

Domingo (16/1)

Circo Mágico do Palhaço Chocolate
Horário e local: 10h, no Teatro Boa Vista (Rua do Bosco, Boa Vista, Recife)
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia), à venda na Sympla e na bilheteria do teatro

Uma grande homenagem ao circo e às cantigas de roda, com um elenco composto por bailarinos, malabaristas, acrobatas e personagens infantis.

Nuneco e as Flores
CiArte (Caruaru)
Horário e local: 16h, no Teatro João Lira Filho (R. Visc. de Inhaúma, 999, Maurício de Nassau, Caruaru)
Duração: 50 min
Classificação: 12 anos
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), à venda na Sympla e na bilheteria do teatro

Através da tradicional arte da palhaçaria, o espetáculo aborda temas como a pandemia, os desafios impostos por esta nova realidade e como incorporar novas visões de vida. Na obra, o Palhaço Nuneco precisa encontrar seu amor, uma bailarina, que desapareceu. Para isso, precisa percorrer o mundo dos sonhos, em uma aventura repleta de aprendizados.

Domingo (23/1)

Circo Mágico do Palhaço Chocolate
Horário e local: 10h, no Teatro Boa Vista (Rua do Bosco, Boa Vista, Recife)
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia), à venda na Sympla e na bilheteria do teatro

Uma grande homenagem ao circo e às cantigas de roda, com um elenco composto por bailarinos, malabaristas, acrobatas e personagens infantis.

Histórias para Voar
Galpão das Artes (Limoeiro)
Horário e local: 11h, Teatro Barreto Júnior (Rua Estudante Jeremias Bastos, s/n, Pina)
Duração: 60 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia), à venda na Sympla na bilheteria do teatro

Três contadores de histórias resolvem correr o mundo contando narrativas do cancioneiro popular e ganham a imaginação dos brinquedos populares tradicionais por onde passam.

Quinta-feira (27/1)

Pluft, o Fantasminha
Cênicas Cia de Repertório (Recife)
Horário e local: 16h, no Cine Teatro Samuel Campelo (Praça Nossa Sra. do Rosário, 510, Centro, Jaboatão dos Guararapes)
Duração: 55 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), à venda na bilheteria do teatro, duas horas antes da sessão

A peça conta a história do rapto da menina Maribel pelo cruel Pirata Perna-de-Pau. O vilão a esconde no sótão de uma velha casa abandonada, onde vive uma família de fantasmas: a Mãe, que faz deliciosos pastéis de vento e conversa ao telefone com Prima Bolha; o fantasminha Pluft, que tem medo de gente; Tio Gerúndio, que passa o dia inteiro dormindo dentro de um baú; e Xisto, o primo aviador que surge de vez em quando para ajudar os familiares. A trama se concentra na procura do tesouro do avô da menina, o Capitão Bonança, que morreu no mar, deixando a sua herança. Com aventura e poesia, a peça aborda a força transformadora da amizade.

Sexta (28/1)

Carroça Encantada e as Estripulias do Mané Gostoso
Colégio 3º Milênio (Limoeiro)
Horário e local: 19h, na Praça da Bandeira (Centro de Limoeiro)
Duração: 40 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: Gratuito

Contação de história baseada na realidade de um menino da rua da Linha, na cidade de Limoeiro, que desejava conhecer o boneco de madeira que, dependurado em um cordão, faz estripulias, dando cambalhotas e alegrando a criançada.

Sábado (29/1)

O Paraíso é Azul?
Tepopa/Lumacot/MSPA (São Benedito do Sul)
Horário e local: 17h, no Centro de Criação Galpão das Artes (Rua Vigário Joaquim Pinto, 465, Limoeiro)
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), antecipado, 15 (inteira)  e R$ 7,50 (meia), na hora

Criado pela mãe solo de maneira castradora, Zezinho está sempre rodeado de fantasias, mitos e mentiras, enquanto seus três irmãos vivem entre as delícias e as agruras do mundo real. Zezinho segue em busca de amizade entre personagens míticas em busca da felicidade e de um paraíso que ele acredita existir, proporcionado pelas três personagens reais com quem tem contato: sua avó, sua professora e sua mãe.

Pluft, o Fantasminha
Cênicas Cia de Repertório (Recife)
Horário e local: 17h, no Teatro RioMar (Avenida República do Líbano, 251, Pina)
Duração: 55 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia), à venda na platafor Uhuu e na bilheteria do teatro

A peça conta a história do rapto da menina Maribel pelo cruel Pirata Perna-de-Pau. O vilão a esconde no sótão de uma velha casa abandonada, onde vive uma família de fantasmas: a Mãe, que faz deliciosos pastéis de vento e conversa ao telefone com Prima Bolha; o fantasminha Pluft, que tem medo de gente; Tio Gerúndio, que passa o dia inteiro dormindo dentro de um baú; e Xisto, o primo aviador que surge de vez em quando para ajudar os familiares. A trama se concentra na procura do tesouro do avô da menina, o Capitão Bonança, que morreu no mar, deixando a sua herança. Com aventura e poesia, a peça aborda a força transformadora da amizade.

Domingo (30/1)

Circo Mágico do Palhaço Chocolate
Horário e local: 10h, no Teatro Boa Vista (Rua do Bosco, Boa Vista, Recife)
Duração: 50 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia), à venda na Sympla e na bilheteria do teatro

Uma grande homenagem ao circo e às cantigas de roda, com um elenco composto por bailarinos, malabaristas, acrobatas e personagens infantis.

A Fantástica Máquina de Escrever
Pirilampos Produções e Entretenimento (Vitória de Santo Antão)
Horário e local: 17h, Centro Cultural Ministro Marcos Vinícius Vilaça (Praça da Bandeira, Centro, Limoeiro)
Duração: 60 minutos
Classificação: Livre
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia), antecipado, 15 (inteira)  e R$ 7,50 (meia), na hora

Em seu universo imaginário, a escritora Zarabe busca uma história para escrever. Um dia, em um passe de mágica, uma bruxa faz com que os contos de fada, até então extintos pelo Reizinho Mandão, ressurjam. Com isso, nasce uma fada que, fugindo do déspota, começa a explorar o mundo imaginário e cruza o caminho com vários personagens que a ensinam lições sobre ética, honestidade, amor e superação. Nesta aventura mágica e empolgante, o público é convidado para deixar sua imaginação fluir em uma mistura de teatro, música e muita ludicidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.