F1 – Bottas é o mais rápido dia, com o pneu C3 médio

RESUMO DOS PNEUS DE SEXTA-FEIRA

  • A Mercedes foi primeira e segunda mais rápida nas duas sessões de treinos livres de hoje. Valtteri Bottas liderou em ambas as ocasiões, estabelecendo o tempo de volta mais rápido do dia, calçando o P Zero Amarelo médio esta tarde.
  • As condições foram ligeiramente mais frias do que no ano passado, mas semelhantes entre o TL1 e o TL2, com temperaturas do ar em torno de 15 graus centígrados e temperatura de pista que atingiu um pico de 25 graus.
  • Embora as equipes tenham corrido em Ímola no ano passado, os treinos livres em 2020 foram condensados em uma sessão de 90 minutos na manhã de sábado.
  • Até agora, parece que o P Zero Branco duro é aproximadamente 0s5 mais lento por volta do que o P Zero Amarelo médio, enquanto o pneu P Zero Vermelho macio é aproximadamente 0s7 por volta mais rápido que o médio.
  • As diferenças de desempenho entre os três compostos são diferentes  das estimativas iniciais. A diferença entre o duro e o médio é menor do que o esperado, pois o duro, embora precise de um tempo de aquecimento mais longo, é capaz de funcionar bem e fornecer um bom nível de aderência. Entre o macio e o médio, a diferença é maior – porque esperávamos temperaturas de pista mais baixas e granulação geral no C4: não apenas nos trechos longos.

MARIO ISOLA – GERENTE MUNDIAL DE MOTORSPORT DA PIRELLI

“As condições que tivemos em Ímola hoje foram um pouco mais frias que as que experimentamos há seis meses, em novembro. Os pneus em si tiveram um bom desempenho geral. Vimos alguma granulação durantes os trechos longos com o composto C4 macio em ambas as sessões. Ímola é uma pista de severidade média, que não gasta muita energia com os pneus, então em baixas temperaturas é difícil aquecê-los: especialmente os compostos médios e duros. À tarde, a pista já estava em melhores condições, apesar de haver poucas corridas de apoio. A diferença entre os compostos é menor do que o esperado entre o duro e o médio e maior do que o esperado entre o médio e o macio, embora a diferença possa variar de equipe para equipe. Isso naturalmente influenciará as estratégias.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *