Filmes sobre defesa dos direitos das mulheres e das pessoas trans são lançados na ESA/OAB-PE

Noite de cinema no  Auditório Fernando Santa Cruz na sede da OAB-PE, nesta nesta quinta-feira (16/12), no lançamento dos primeiros curtas-metragens contra a discriminação produzidos pela Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE), da OAB Pernambuco. “Identidade, o direito à vida transvesti” e “Mulher, Força Motriz”. A defesa dos direitos das mulheres e das pessoas trans são os temas abordados nos filmes gravados em cidades da Região Metropolitana do Recife – na capital, em Itamaracá, Jaboatão dos Guararapes e Olinda.

“Identidade, o direito à vida transvesti” foi um projeto coordenado pela diretora-tesoureira da ESA-PE, a advogada Renata Berenguer, e pelo presidente da Comissão de Diversidade Sexual e de Gênero da OAB Pernambuco, o advogado Sérgio Pessoa. Já o doc “Mulher, Força Motriz” foi coordenado pela Comissão da Mulher Advogada da OAB-PE, por meio da advogada Daniela Mello, que é a autora do argumento que baseia a produção, e por Renata Berenguer. A direção dos dois curtas-metragens é da jornalista Silvia Bessa.

Entre os presentes, a vice presidente da OAB-PE Ingrid Zanella, a vice-presidente da Caape, Patrícia Maaze, a escritora e vereadora Cida Pedrosa que recitou poemas antes da exibição, as juízas Laura Botelho, Roberta Corrêa de Araújo, Andrea Keust, Polyana Falcão Brito, Liz Azevedo, Tatiana Leão e a desembargadora Nise Pedroso. Além das pessoas que tiveram sua vida retratada no documentário e seus amigos e familiares.  A produção dos curtas-metragens também marcaram presença no evento, como as jornalistas Marcionila Teixeira e Mariana Banja e Codiretor Lula Carneiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *