OAB Pernambuco lança Banco de Talentos com vagas de emprego já disponíveis

 

A OAB Pernambuco abre o mês de agosto, Mês da Advocacia, apresentando um lançamento pioneiro em todo o país, o Banco de Talentos da OAB-PE. A plataforma, desenvolvida pela própria instituição, constrói uma ponte entre as advogadas e os advogados autônomos e os escritórios. O lançamento aconteceu na tarde desta segunda (1), na sede da OAB-PE. A plataforma já pode ser acessada no oabpe.org.br.

De um lado, há um cadastro com os profissionais que almejam uma posição no mercado; do outro, uma relação de vagas ofertadas por escritórios que buscam novos profissionais para os seus quadros. Todos que queiram participar, sejam os profissionais, sejam os escritórios, o farão de forma absolutamente gratuita.

“Com o Banco de Talentos, a OAB Pernambuco reafirma o seu compromisso com toda a advocacia, com a empregabilidade de cada advogada e advogado”, comemora o presidente Fernando Ribeiro Lins. “A nossa instituição está presente no dia a dia da advocacia, somos todos parceiros e vamos caminhar juntos”, afirma.

A plataforma vai interagir principalmente com as advogadas e os advogados autônomos, que representam cerca de 50% da classe em Pernambuco e que enfrentam muitos desafios para gerar renda com a profissão que escolheram. Profissionais de todo o estado, do Litoral ao Sertão, já podem cadastrar os seus currículos. O projeto terá a participação estratégica da Escola Superior de Advocacia de Pernambuco (ESA-PE), que irá oferecer uma série de conteúdos de capacitação para os advogados inscritos no Banco de Talentos.

CORRESPONDENTES – O Banco de Talentos também contará com uma área voltada ao relacionamento com escritórios e profissionais de todo o país, através da ferramenta Advocacia Correspondente. Essa funcionalidade possibilita que um escritório ou profissional de outro estado, que esteja com um processo em alguma comarca de Pernambuco, acesse um banco com os nomes dos advogados vinculados à Ordem que atuam no município correspondente.

Esse relacionamento proporcionado pelo Banco de Talentos solucionará a necessidade de mão de obra local para a parte do outro estado e irá gerar uma nova oportunidade de rendimento financeiro para a advocacia pernambucana.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.